32 vezes Pipico: Análise dos gols do artilheiro do Santa Cruz

Por: Felipe Holanda

Pipico vem a cada jogo escrevendo seu nome na história do Santa Cruz. Principal esperança de gols do Tricolor na Série C, o atacante já é o terceiro maior artilheiro da Cobra Coral na década, atrás apenas de Dênis Marques (41) e Grafite (34) – Pipico está ao lado de Léo Gamalho, com 32 bolas nas redes adversárias entre 2011 e os dias de hoje.

Nesta análise, o Pernambutático disseca todos os gols de Pipico com a camisa do Santa Cruz, mostrando algumas das qualidades que o colocam como um dos grandes atacantes que já passaram pelo Arruda nos últimos dez anos.

Pipico é um matador nato que sabe ir às redes adversárias como poucos, tendo um leque de possibilidades para marcar. Desses 32 gols, ele anotou a maioria de perna direita, 14, além de sete de pênalti, sete em cabeçadas, um em cobrança de falta e um gol contra dado a seu favor.

Como Pipico chegou aos 32 gols pelo Santa (Arte: João Rodrigues)

Gols 1 e 2 – ABC 0x3 Santa Cruz 1/7/2018

Os pontos mais fortes de Pipico são o posicionamento e a frieza para tomar decisões dentro da grande área. Contra o ABC, recebeu lindo passe de Robinho e só precisou de dois toques na grande área para chegar ao primeiro gol com camisa do Santa Cruz: dominou com o peito, tirando do zagueiro, antes de bater rasteiro no canto direito.

Além do posicionamento, Pipico é um oportunista, sempre aproveitando falhas da defesa rival. O camisa 9 aproveitou o rebote do goleiro e finalizou mesmo de longe para ampliar a vantagem coral ante o ABC no Frasqueirão.

Oportunista, Pipico marca o segundo no jogo (Imagens: Esporte Interativo)

Gol 3 – Santa Cruz 2×0 Remo 8/7/2018

Sempre se posicionando bem, Pipico costuma aproveitar muito bem os cruzamentos, seja por cima ou por baixo. Dominante na pequena área desde sua chegada ao Arruda, ele se movimentou bem para receber o cruzamento preciso de Robinho e, de peixinho, mandar para o gol do Remo.

O primeiro gol de cabeça de Pipico pelo Santa (Imagens: TV Coral)

Gol 4 – Santa Cruz 1×1 Globo 14/7/2018

Pipico mostrou mais uma vez o ótimo posicionamento no gol contra o Globo-RN. Se desvencilhou dos marcadores e cabeceou para o fundo das redes após bom cruzamento de Allan Vieira.

Pipico aproveita cruzamento de Allan Vieira e marca (Imagens: TV Coral)

Gols 5 e 6 – Santa Cruz 4×0 Confiança 28/7/2018

Mesmo próximo aos defensores rivais, Pipico é dificilmente bem marcado e sabe aproveitar cruzamentos na área, marcando outra vez de cabeça contra o Confiança, no Arruda. O camisa 9 também foi às redes cobrando pênalti no mesmo confronto, fechando 2018 pelo Santa com nove jogos e seis gols – um a cada 76 minutos em campo.

Pipico vence a marcação a cabeceia para o gol (Imagens: TV Coral)

Gols 7 e 8 – Náutico 2×2 Santa Cruz 9/2/2019

Pipico voltou a se destacar logo no início de 2019, quando marcou duas vezes no Clássico das Emoções, realizado nos Aflitos. No primeiro gol, o artilheiro aproveitou a brecha deixada pela defesa do Náutico, ajeitou e arrematou para vencer Bruno.

Em seu segundo tento no jogo, Pipico contou com grande jogada de Elias pela esquerda do ataque, que teve amplitude e habilidade para puxar a marcação Timbu. Na sequência, Elias bateu cruzado e o camisa 9 completou para o gol alvirrubro.

Pipico recebe na grande área fuzila de esquerda para o gol (Imgens: Live FC)

Gol 9 – Sinop 1×2 Santa Cruz 14/2/2019

Decisivo, Pipico marcou de pênalti na vitória em cima do Sinop-MT pela Copa do Brasil daquele ano. O camisa 9 decidiu o triunfo depois de Elias abrir o placar para os corais, com Igor descontando para os mato-grossenses já nos últimos minutos de jogo.

Gol 10 – Santa Cruz 1×0 Náutico 20/2/2019

Pipico tem um jeito peculiar de bater em gol. Não precisa de muito espaço e finaliza mesmo “desengonçado”. Após erro da defesa, ele contou com o desvio para marcar mais uma vez em clássicos contra o Náutico.

A marcação do Náutico falha e Pipico aproveita como de costume (Imagens: Rede Globo)

Gol 11 – Moto Club 0x1 Santa Cruz 2/3/2019

Mais uma vez bem posicionado e letal para as defesas adversárias, Pipico marcou cabeça no confronto com o Moto Club-MA, em São Luís. Na ocasião, a Cobra Coral venceu por 1 x 0 com gol dele.

Oportunista, Pipico marca mais um de cabeça (Imagens: Copa do Nordeste)

Gol 12 – Santa Cruz 1×1 CSA 10/3/2019

Finalizador e dominante na grande área, Pipico também já foi às redes em cobrança de falta. Não lembra? O atacante marcou um dos gols no empate em 1 x 1 com o CSA, pelo Nordestão de 2019, no Arruda.

Gols 13 e 14 – Santa Cruz 3×0 ABC 10/4/2019

Em cobranças de escanteios, Pipico tem um ótimo aproveitamento para botar a bola nas redes, como aconteceu diante do ABC, pela Copa do Brasil, no Arruda. Na ocasião, ele levou vantagem mesmo sendo mais baixo que os defensores e mandou de cabeça para o gol. Também diante dos potiguares, o camisa 9 marcou de pênalti na vitória por 3 x 0 do Santa Cruz.

Mesmo mais baixo que os defensores, Pipico acha espaço e cabeceia para o gol (Imagens: Rede Globo)

Gol 15 – Santa Cruz 2×0 Fluminense 25/4/2019

Além de finalizar em gol mesmo bem marcado, Pipico sabe aproveitar o vacilo das defesas para ir às redes. Na vitória heroica em cima do Fluminense, também pela Copa do Brasil, ele aproveitou o rebote do goleiro Rodolfo e marcou o gol que levou a decisão da vaga para os pênaltis.

No rebote, Pipico marca o gol que levou a decisão para os pênaltis (Imagens: TV Coral)

Gols 16 e 17 – Botafogo-PB 1×1 Santa Cruz (13/5/2019) e Santa Cruz 2×1 ABC (25/5/2019)

Pipico marcou mais dois gols de pênalti que ajudaram na Série C de 2019. Primeiro, no empate em 1 x 1 com o Botafogo-PB, em João Pessoa. Na sequência, foi às redes na vitória por 2 x 1 em cima do ABC, no Arruda.

Gols 18 e 19 – Santa Cruz 3×1 Confiança 9/6/2019

Reiterando o ótimo posicionamento na grande área, Pipico recebeu grande passe de Misael e mandou para o fundo das redes sem tomar conhecimento da defesa do Confiança.

Pipico recebe na grande área e marca (Imagens: DAZN)

Já nos minutos finais, o atacante tricolor pressionou a saída de bola dos sergipanos, conseguiu o desarme e foi às redes para selar a vitória coral por 3 x 1.

Esperto, Pipico pressiona a marcação, rouba a bola e chegaria ao gol (Imagens: DAZN)

Gols 20 e 21 – Globo 3×3 Santa Cruz 17/6/2019

Pipico chegou ao seu vigésimo gol com a camisa do Santa Cruz de maneira bem inusitada. Ele dominou na grande área e, antes que conseguisse o arremate, o marcador do Globo se antecipou e mandou para as redes. Na súmula, porém, o árbitro Philip Georg Bennett deu o tento para o atacante do Mais Querido.

Após diminuir, Pipico ainda marcou mais um no apagar das luzes em Ceará-Mirim, mais precisamente aos 48. Com muita frieza, o camisa 9 dominou de costas para o gol, girou e bateu firme de perna direita para selar o placar em 3 x 3.

O gol de Pipico contra o Globo (Imagens: DAZN)

Gol 22 – Santa Cruz 1×0 Náutico 22/6/2019

Pipico mostrou mais uma vez seu faro de artilheiro apurado em clássicos na vitória em cima do Náutico pelo placar mínimo. Ele aproveitou o erro grosseiro do zagueiro Lombardi, se antecipou à marcação e tocou na saída do goleiro Jefferson para anotar o único gol do jogo.

Pipico aproveita a falha de Lombardi e chegaria ao gol (Imagens: DAZN)

Gols 23 e 24 – Santa Cruz 3×0 Petrolina 18/1/2020

Pipico voltou a deixar sua marca logo no primeiro jogo da temporada 2020. O atacante marcou duas vezes de perna direita na vitória por 3 x 0 em cima do Petrolina, no Arruda, pelo Pernambucano. Na primeira, se posicionou muito bem na cobrança de escanteio e mandou para o fundo do barbante.

Na Outra, Pipico recebeu ótimo passe de Paulinho e, com a marcação da Fera Sertaneja espaçada, teve o tempo de dominar próximo a marca da cal e bater no canto do goleiro Tigre para assegurar o triunfo do Santa Cruz.

Zaga cochila e Pipico manda para as redes (Imagens: TV Coral)

Gols 25, 26 e 27 – Santa Cruz 1×0 Vitória (2/2/2020), Santa Cruz 2×1 Salgueiro (11/2/2020) e Santa Cruz 3×0 Botafogo-PB (12/3/2020)

Pipico voltou a marcar de pênalti nos confronto com Vitória-PE e Botafogo-PB, ambos no Arruda, chegando a sete gols de pênalti pelo Santa. Já o gol diante do Salgueiro foi um verdadeiro golaço. O artilheiro teve habilidade para se livrar do marcador e mandou uma bomba de fora da área, no ângulo direito de Tanaka.

Gols 28 e 29 – Sport 1×2 Santa Cruz 19/7/2020

Ainda sem ter marcado em clássicos contra o Sport, Pipico balançou as redes duas vezes na vitória emblemática dos corais por 2 x 1 em plena Ilha do Retiro. No primeiro, observou bem a movimentação dos companheiros de equipe e da marcação adversária, recebeu passe antológico de Didira e venceu Luan Polli para abrir o placar.

O segundo gol veio para lavar a alma dos tricolores. Quase aos 50 minutos de jogo, no último lance, Pipico recebeu cruzamento de Célio Silva e cabeceou no contrapé do arqueiro leonino para selar a vitória coral, chegando ao sexto tento em clássicos em seis partidas disputadas. Dessa forma, se tornou o maior artilheiro do Santa Cruz em confrontos com Sport e Náutico na década, ao lado de Léo Gamalho, que tem números idênticos. (6/6).

Célio Santos cruza e Pipico cabeceia no contrapé de Polli (Imagens: TV Globo)

Gol 30  – Ferroviário 1×3 Santa Cruz 4/10/2020

O 30º gol de Pipico pelo Santa Cruz foi fruto de uma parceria de sucesso com Toty. O lateral-direito observou a movimentação do camisa 9 e cruzou no ponto futuro, com o artilheiro chegando para ir às redes na vitória por 3 x 1 em cima do Ferroviário, em Horizonte-CE.

Pipico aproveita passe de Toty e fuzila para o gol (Imagens: DAZN)

Gols 31 e 32  – Santa Cruz 2 x 1 Paysandu 11/10/2020

Pipico recebeu mais uma boa assistência de Toty no último final de semana, na vitória por 2 x 1 em cima do Paysandu, no Arruda. Aproveitou o bom cruzamento e mandou de cabeça para dentro da meta de Gabriel Leite.

Pipico marca em mais um passe de Toty (Imagens: DAZN)

No segundo gol diante dos paraenses, Pipico mostrou que o posicionamento é mais importante que a altura ao marcar mais um de cabeça após cobrança de escanteio de Leonan, que deu sua primeira assistência com a camisa do Santa.

Pipico se infiltra entre os marcadores e faz seu 32º gol pelo Santa (Imagens: DAZN)

Neste sábado (17), Pipico tem a chance de ampliar sua marca e ultrapassar Léo Gamalho, se tornando o terceiro maior artilheiro do Santa Cruz na década. A Cobra Coral enfrenta o Treze, em Campina Grande, pela 11ª rodada da Série C.

*Com informações do analista Anderson Santana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: