Leão pegou em bomba de novo: Análise Bragantino 2 x 0 Sport

Por: Felipe Holanda

O Sport está começando a se complicar na Série A do Campeonato Brasileiro. Após virar sensação e chegar às primeiras posições, o time de Jair Ventura agora já acumula quatro derrotas seguidas. A última para o Bragantino, fora de casa, por 2 x 0. O Leão pegou em bomba. De novo.

Derrotado, o Leão caiu para a 11ª posição com 20 pontos, quatro acima do Athlético-PR, que abre a Zona do Rebaixamento, e seis a menos que o Fluminense, sexto colocado.

O Sport foi a campo com uma novidade importante: Hernane Brocador, referência no ataque, foi sacado do time. Assim, Thiago Neves e Mugni revezavam como falso 9, com Barcia também auxiliando nesta função.

Disposição tática do Sport diante do Bragantino (Feito no Tactical Pad)

Nos primeiros minutos, o Leão se posicionou sem a bola no campo de ataque com Thiago Neves pela esquerda (Marquinhos e Mugni na recomposição), Barcia de falso nove e Ricardinho chegando para o apoio pela direita na marcação em bloco médio do time de Jair Ventura.

Sport nos primeiros minutos de jogo (Imagens: Premiere)

No campo de defesa, o Sport se postou no tradicional 4-4-2, com apenas Thiago Neves e Barcia mais à frente. Quando Hernane esteve em campo, a disposição tática mais utilizada era um 4-4-1-1.

Leão posicionado no 4-4-2 em fase defensiva (Imagens: Premiere)

Buscando se impor no jogo, o Sport cometia algumas falhas na saída de bola. Chegou a utilizar um modelo 3+3+3, mas com os jogadores distantes um do outro, facilitando o desarme do Braga.

Sport pecando na saída de bola (Imagens: Premiere)

Enquanto isso, o Bragantino utilizava bem as subidas dos pontas jogando por fora, principalmente Artur pela direita. Mas o gol saiu numa bela jogada de um dos volantes: Ricardo Ryller. Ele aproveitou o cochilo de Thiago Neves, roubou a bola e acertou um lindo chute para abrir o placar no Nabi Abi Chedid.

Lance do primeiro gol do jogo (Imagens: Premiere)

O gol que sacramentou a vitória do Braga foi com a cara do time de Barbieri. Uma troca de passes rápida, que acabou com uma bela jogada e um chute preciso de Claudinho, sem chances para Luan Polli: 2 x 0.

No fim da peleja, o Leão ainda tentou esboçar uma reação, mas não teve forças para furar o bloqueio defensivo do Massa Bruta e teve que se contentar com mais uma derrota.

O Sport volta a campo no próximo sábado (24), no Mineirão, contra o Atlético-MG, que briga pelo título da Série A. Mais uma parada duríssima para a equipe de Jair Ventura, que terá uma semana de trabalho para ajustar o time e recolocar o Leão nos trilhos.

Créditos da foto principal: Divulgação/Bragantino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: