Leão reage, mas dorme no ponto: análise Santos 4×2 Sport

Por: Felipe Holanda

Mesmo reagindo, o Sport amargou mais uma derrota na Série A do Brasileiro. Chegou ao empate, mas dormiu no ponto e cedeu o 4 x 2 para o Santos, neste sábado (28), na Vila Belmiro, pela 23ª rodada. Foi o terceiro revés consecutivo, deixando o Leão ainda mais próximo do Z-4.

Com Jair Ventura ainda em isolamento pela Covid-19, o time foi comandado pelo auxiliar César Lucena e voltou se postar com três zagueiros, com uma postura inicial defensiva, formando um 3-6-1.

Formação inicial dos rubro-negros (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

Antes que se pudesse falar de tática, o Peixe abriu o placar após pênalti marcado em revisão do VAR e convertido por Marinho. O gol frustrou totalmente as pretensões pernambucanas no jogo, já que a proposta era se fechar na defesa e explorar os contra-ataques.

Em desvantagem, o Sport utilizou uma primeira linha de cinco, buscando frear o ímpeto inicial do oponente mas não teve resultados, sendo vazado mais uma vez; Lucas Braga tocou na saída de Luan Polli e fez o segundo.

A adversidade trouxe ao Leão a garra que faltou nos últimos jogos. O time se organizou taticamente na defesa e se impôs lá na frente. Patric fez grande jogada pela direita e Marquinhos descontou.

Depois daí, o crescimento veio naturalmente. O ferrolho dos três zagueiros virou uma espécie de 3-4-3 ofensivo, com os laterais chegando no apoio e um tridente ofensivo.

Rubro-negro no ataque (Imagem: Premiere)

Não por caso, chegou ao gol de empate. O lance começou com um belo lançamento de Chico para Lucas Mugni, que cruzou na área e Barcia deixou tudo igual no placar, em cabeceio no contrapé do goleiro.

A postura de povoar o terço final do campo e surpreender o adversário não foi mantida nos 45 minutos finais. Retraída, a equipe da Praça da Bandeira se postou no 5-4-1, deixando o adversário – outra vez –  em sua zona de conforto.

Disposição defensiva na etapa final (Imagem: Premiere)

O pior estava à espreita e veio. Marinho, outra vez, cruzou na área e Bruno Marques fez o terceiro dos santistas. Depois da queda, o coice. Soteldo, em outra penalidade, selou o placar em 4 x 2.

A derrota deixa o time da Ilha em posição delicada, apenas um ponto à frente do Z-4, podendo terminar a rodada entre os quatro últimos caso o Vasco vença o Ceará, segunda (30), em São Januário.

Créditos da foto principal: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: