De virada é mais gostoso: análise Ituano 1×2 Santa Cruz

Por: Felipe Holanda

Reação, virada e sobrevida. Após sair atrás no placar, o Santa Cruz foi brabo e venceu o Ituano por 2×1, neste sábado (26), mesmo no Novelli Júnior, em Itu-SP. Saiu da lanterna do Grupo e já sonha de novo – de novo – com o acesso à Série B do Brasileiro.

A tônica do jogo do Mais Querido foi a troca de passe e triangulações dos homens, posicionado no 4-3-3 fluído para o 4-2-3-1, mas com transições bem mais rápidas em relação ao que foi visto nas partidas anteriores pelo time de Marcelo Martelotte.

Apoie nosso site e não perca nada do seu time de coração no futebol pernambucano

Formação inicial dos tricolores (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

A peleja começou truncada, com divididas duras, principalmente pelo alto. O que os corais não esperavam era que o Ituano abrissem vantagem num lance inusitado. Pacheco tentou cruzar na área e acabou acertando o ângulo de Maycon Cleiton, inaugurando a contagem. Proposital ou não, foi à súmula.

O gol acabou abalando o Santa Cruz e incendiado o Ituano, que teve chances até de fazer o segundo, mas parou no arqueiro coral, sempre se saindo bem quando requisitado.

Até que Martelotte decidiu adiantar o time, com a Cobra Coral marcando alto e povoando o terço final do campo, com todos os jogadores de linha depois da à frente, na tentativa de sufocar o Rubro-negro de Itu e descontar.

Pernambucanos com presença no campo de ataque (Imagem: DAZN)

O empate veio com Chiquinho, o nome do jogo. Cruzamento na área e o camisa 10 tricolor subiu livre entre os defensores paulistas para mandar no fundo das redes, deixando tudo igual.

Depois daí, o crescimento do clube das três cores foi nítido, com o mesmo Chiquinho e Paulinho comandando as ações do meio para frente, além da boa movimentação dos atacantes, prendendo as atenções da marcação rival.

Após tabela envolvente da dupla, quebrando as linhas dos donos da casa, Chiquinho bateu com muita categoria e acertou o ângulo esquerdo, dando a vitória aos corais. E que vitória! Certamente a mais importante de toda a competição até aqui.

O tento da vitória da Cobra (Imagem: DAZN)

Na sequência, o Santa enfrenta o mesmo Ituano, desta vez no Arruda, no primeiro domingo (3) de 2021.

Créditos da foto principal: Rafael Melo/Santa Cruz

2 comentários em “De virada é mais gostoso: análise Ituano 1×2 Santa Cruz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: