Sport na Série A: como joga taticamente o Fluminense

Por: Felipe Holanda

O Sport tem uma sequência de dois jogos longe do Recife na missão de se manter distante da zona de rebaixamento na Série A do Brasileiro. O primeiro deles é diante do Fluminense neste sábado (16), às 19h, no Estádio Nilton Santos, pela 30ª rodada. Atualmente em 14º na tabela, o Leão está a três pontos do Bahia, time que abre o Z-4.

Separamos para a torcida rubro-negra tudo sobre o próximo adversário: prováveis formações táticas, números na competição, pontos fortes e fracos, jogadores para ficar de olho, e muito mais.

Comandado por Marcão, o tricolor carioca vem mordido após sofrer goleada histórica por 5 x 0 para o Corinthians há três dias. A tendência é que o Flu povoe mais o meio de campo, com linhas bem preenchidas na defesa, formando um 4-3-3 ofensivo.

É rubro-negro e quer receber conteúdos exclusivos do Sport? Apoie o nosso site a fortaleça a cobertura tática do Leão

Provável escalação inicial dos tricolores (Feito no Tactical Pad)

COMO ATACA

Sem Nenê, peça fundamental para a progressão de posse, os cariocas caíram de rendimento. Voltando de lesão, o maestro deve iniciar no banco de reservas. Com falhas na criação de jogadas, já apostaram em um 4-3-3 com Hudson se aventurando na ponta de direita e um dos laterais no apoio.

Investida ofensiva dos cariocas ante o Timão (Imagem: Rede Globo)

Uma das principais armas no ataque é a investida dos extremos na tentativa de alargar o campo e abrir espaços para as infiltradas de Fred, referência ofensiva e vice-artilheiro do time no Brasileirão com três gols marcados.

COMO DEFENDE

O sistema defensivo vem sendo o grande calo do Fluminense de Marcão nesta Série A. Com 37 tentos sofridos em 29 jogos, os cariocas acumulam uma média de 1,28 gol sofrido a cada 90 minutos, sendo dez nas cinco últimas partidas.

Marcando em bloco baixo/médio, o tricolor carioca costuma apostar no 4-4-2, mas Hudson, que quebra a postura, perdeu espaço para manter a solidez. O cabeça de área, inclusive, deve começar no banco de reservas diante dos leoninos.

Posicionamento defensivo do Flu contra o Flamengo (Imagem: Rede Globo)

PARA FICAR DE OLHO

Danilo Barcelos (LE) – Velho conhecido da torcida do Leão, por ter passagem em 2014 e 2015, o lateral-esquerdo do Tricolor tem sido uma das peças mais regulares na Série A. Com 1,8 passes decisivos por jogo, mostra boa presença ofensiva, mas tem 3,1 cortes, destacando a força também na marcação.

Fred (CA) – Segundo jogador mais experiente do elenco, o centroavante ainda não mostrou para que veio no Brasileirão, mas é sempre um nome a se observar. Apesar de ter marcado apenas três gols em 17 jogos, tem faro artilheiro e pode desencantar.

Lucca (PE) – Assim como o camisa 9, Lucca também não caiu nas graças do torcedor do Fluzão, porém é uma das alternativas para dar mais velocidade ao setor ofensivo. Polivalente, troca de posição com facilidade, o que pode confundir a marcação do Leão.

Quem está fora: Ganso (Cirurgia); Muriel (Protocolo de concussão).

Créditos da foto principal: Lucas Merçon/Fluminense

Um comentário em “Sport na Série A: como joga taticamente o Fluminense

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: