Carcará voou mais alto: análise Salgueiro 1 x 0 Afogados

Por: Guilherme Batista

O Salgueiro mostrou que está afiado na luta para defender o título do Campeonato Pernambucano. Em jogo disputado contra o Afogados, o Carcará voou mais alto e, justamente em gol que veio originado da bola aérea, garantiu a vitória por 1×0 diante da Coruja, na estreia, na noite desta quarta-feira (24) no Cornélio de Barros.

Os times voltam a campo, pelo Estadual, na próxima quarta-feira (3) às 20h. Enquanto os salgueirenses, que fazem a estreia na Copa do Nordeste diante do Bahia no domingo (28), às 18h, visitam o Sport em confronto direto pela liderança na Ilha do Retiro, os afogadenses recebem o Retrô, no Vianão, em busca do primeiro triunfo.

Enquanto o Carcará foi no 4-3-3, a Coruja entrou em campo no 4-2-2-2 (Feito no TacticalPad)

COMO FOI

A primeira etapa começou bastante estudada dos dois lados, porém com a estratégia do Afogados se sobressaindo, isso porque a Coruja entrou para se defender e dificultar o jogo do Carcará. E assim o fez. Se portando num 4-4-2, que se alterava quando necessário, o Afogados povoou muito bem o meio e deixou o Salgueiro tocar a bola sem objetividade.

Apesar de Bruno Sena aparecer entre os zagueiros para buscar jogo e iniciar as jogadas do Salgueiro, o time pouco produzia. O atual campeão estadual começou a apostar na ligação direta para buscar quebrar esse bloqueio da Coruja, mas também não obteve êxito. Os chutes de média e longa distância passaram a ser a válvula para tentar assustar o adversário, que começou a perder o controle do jogo após Aruá começar a buscar jogo na defesa.

Com o camisa 8 do Carcará se movimentando, os espaços começaram a aparecer no sistema defensivo afogadense e os salgueirenses começaram a fazer uma verdadeira blitz. Evandro, Aruá e Daniel Passira obrigaram Leo a ter de trabalhar, porém o arqueiro do Afogados realizou belíssimas intervenções, mantendo o 0 a 0 no placar.

Salgueirenses seguraram ímpetos dos afogadenses no 4-1-4-1 (Imagem: MyCujoo)

No retorno dos vestiários, Sérgio China sacou Arllan, amarelado, e promoveu a entrada de Arez. Na prática, o Afogados manteve sua estrutura tática, mas a equipe voltou com mais vontade e subiu um pouco a linha de marcação; assim, passou a pressionar o Salgueiro nos minutos iniciais, que ficou acuado no 4-1-4-1.

Na melhor oportunidade, Índio fez boa jogada individual e serviu Vargas, que finalizou para defesa de Lucas. Percebendo o domínio da Coruja, Daniel Neri fez duas mudanças ao colocar Cássio Ortega e Richard no lugar de Alisson e Ranieri, respectivamente, porém o Carcará pouco melhorou. Sem medo de arriscar, o treinador salgueirense promoveu mais duas mexidas: Héricles e Felipe Baiano nas vagas de Daniel Passira e Emanuel, o que controlou mais o ritmo.

Quando a partida parecia se encaminhar para ficar zerada, Cássio Ortega levantou a na área, Héricles cabeceou e, no rebote de Leo, Leozão cutucou para o fundo da rede: Salgueiro 1 a 0. O gol acabou impactando o Afogados, que tentou reagir, contudo não teve forças e tempo para isso. Assim, o atual campeão estreou vencendo.

Coruja buscou impedir ações ofensivas do Carcará com duas linhas de 4 em blocos médios (Imagem: MyCujoo)

Créditos da foto principal: Cláudio Gomes/Afogados FC

Um comentário em “Carcará voou mais alto: análise Salgueiro 1 x 0 Afogados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: