Náutico no Campeonato Pernambucano: como joga o Sete de Setembro

Por: Andinho D’wirvelle

Um sete sem letras mágicas na mira do Náutico. Para recuperar as rédeas e a liderança do Campeonato Pernambucano, o Timbu vai a campo pela segunda rodada enfrentar o Sete de Setembro neste domingo (7), às 15h, no Lacerdão, em Caruaru; alviverdes tentam reabilitação na tabela.

O Lobo Guará, que não poderá mandar seu jogo no Gigante do Agreste por conta do gramado ruim, busca a primeira vitória após estrear com derrota frente ao Retrô. Separamos para a torcida alvirrubra tudo sobre o próximo adversário: prováveis formações táticas, números, pontos fortes e fracos, jogadores para ficar de olho e muito mais dos garanhuenses.

Apoie nosso site e receba conteúdos exclusivos do seu time de coração

O técnico Carlos Júnior testou várias formações durante a semana e poderá contar com a estreia de mais quatro jogadores, que só entraram no BID na última sexta-feira (5). Nomes como de Raniel, Genildo, Lindemberg e Glauber se tornam alternativas para a montagem do time titular para duelar contra o Timbu.

Setembrinos devem ter base tática da estreia mantida (Feito no TacticalPad)

COMO ATACA

A equipe de Carlos Júnior tem certa dificuldade em propor o jogo desde os defensores, passando por apertos quando pressionado na saída; por isso, ataca melhor quando tem espaço para isso. Foi assim que marcou seus dois gols contra o Retrô: contra-atacando, buscando as costas dos laterais e com a velocidade de Grafite pelo lado esquerdo.

Deverá utilizar o sistema 4-2-3-1, com algumas variações, e terá os quatro jogadores mais adiantados circulando por outras posições do ataque. Com isso, Grafite e Williams Luz invertem algumas vezes a sua posição, Alexon e Rodrigo – autor do segundo gol contra o Retrô – também fazem revezamento no comando de ataque.

COMO DEFENDE

Buscando um bloco médio-baixo, o time de Garanhuns deve se utilizar de um 4-4-2 com duas linhas para tentar impedir as investidas do Náutico. Assim, a tendência é que Lucas Gomes e Mazinho fiquem caindo por dentro, já Grafite e Williams Luz fecham a segunda linha atuando mais abertos pelos lados do setor.

Os dois jogadores mais avançados do Lobo Guará devem deixar os zagueiros com liberdade, para tentar exercer uma marcação mais forte em Rhaldney. O volante é um dos atletas mais criativos do Timbu, sendo provavelmente a peça responsável por começar as jogadas alvirrubras ainda no campo de defesa.

PARA FICAR DE OLHO

Lucas Gomes (VOL): Cão de guarda, mas de boa saída, Lucas tem um toque refinado. Além disso, tem boa capacidade para sair da pressão e consegue fazer boas inversões de lado, deixando os pontas em boas condições de 1×1, sendo assim a referência para as transições, principalmente as ofensivas ao iniciar os lances.

Grafite (PE): Jogador mais incisivo do ataque do Sete na partida diante do Retrô, pode atuar nas duas pontas, sempre sendo um ponto interessante no desafogo do time. Também é um atleta que se destaca muito pela entrega e a capacidade de ajudar o lateral no momento defensivo, fazendo muito bem a recomposição.

Rodrigo (CA): Autor do segundo gol na estreia, o atacante formado na base setembrina tem boa capacidade de jogar em todas as posições do ataque. Caindo por dentro, é um 9 com mais mobilidade, o que dificulta muito mais a marcação dos zagueiros adversários, pois troca constantemente de função ao atacar.

Créditos da foto principal: André Vinícius/Sete de Setembro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: