Salgueiro na Copa do Nordeste: como joga taticamente o Sampaio Correa

Por: Guilherme Batista

Velhos piratas na rota salgueirense. Embalado pelas canções da redenção, o Carcará enfrenta o Sampaio Corrêa com o sonho de chegar ao G-4 do Grupo B e seguir representando bem Pernambuco na Copa do Nordeste. Confronto está marcado para esta segunda-feira (29), no Castelão, em São Luís, pela sexta rodada da Lampions.  

Atualmente na quinta posição e a um ponto do ABC, quarto colocado, o Salgueiro entra na zona de classificação ao mata-mata em caso de resultado positivo. Separamos para a torcida sertaneja tudo sobre o próximo adversário: principais posicionamentos táticos, números, jogadores para ficar de olho, e muito da Bolívia Querida.

Invicto no campeonato maranhense, onde ainda não sofreu um gol sequer, o Paio precisar dar respostas à sua torcida após a vexatória eliminação na Copa do Brasil para o modesto Rio Branco-ES. Assim, o Nordestão ganhou uma importância ainda maior para os comandados de Rafael Guanaes, que deve mandar a campo uma equipe postada num 4-2-1-3.

Apoie nosso site e receba conteúdos exclusivos do seu time de coração

COMO ATACA

Nos dez jogos que fez até aqui na temporada, o Tubarão só não balançou as redes em uma oportunidade, diante do Juventude Samas. A força ofensiva é oriunda do modelo propositivo pelo qual opta Guanaes. Sempre buscando levar a bola da defesa pro ataque trocando passes, o Sampaio utiliza muito os lados do campo para progredir.

Enquanto um dos volantes fica entre os dois zagueiros para iniciar as jogadas, os dois laterais são liberados buscando dar amplitude ofensiva. A equipe busca sempre aliar posse de bola com verticalidade, sempre buscando uma progressão veloz para resolver a jogada rapidamente.

Quando chega perto da área adversária, a Bolívia Querida costuma buscar Jefinho na referência para a definição do lance, no entanto, em alguns momentos o Sampaio tem pecado na finalização ou no último passe, o que acaba comprometendo o resultado em algumas partidas.

Paio com amplitude pelas pontas (Imagem: Nordeste FC)

COMO DEFENDE

Dizem que a melhor defesa é o ataque, e é isso que a equipe de Guanaes tenta fazer em suas partidas. Assim que perde a posse da bola, o Sampaio busca pressionar o adversário rapidamente para gerar o erro, porém, algumas vezes essa intensidade acaba gerando desorganização das linhas defensivas e espaços para a equipe rival.

A variação defensiva dos maranhenses também vale menção. A depender de como o jogo está, o Tubarão pode se postar num 4-1-4-1, num 4-5-1 ou até mesmo no tradicional 4-4-2. Seja qual for a postura adotada, Jefinho sempre ficará mais isolado que o restante do time, com os pontas voltando para recompor a segunda linha e Dione, por vezes flutuando perto de Jefinho e por outras ajudando na marcação.

Compactação defensiva maranhense (Imagem: Nordeste FC)

PARA FICAR DE OLHO

Ferreira (VOL) – Aos 34 anos, o experiente volante é peça importantíssima dentro de campo. Seja defendendo ou atacando, o jogo do Sampaio passa pelos pés de Ferreira, que dita o ritmo da partida.

Jefinho (ATA) – Com 4 gols na temporada, o camisa 9 é o principal nome do setor ofensivo da equipe. O atacante, que teve uma passagem recente discreta pelo Paysandu, parece ter reencontrado os caminhos da rede e é letal dentro da área, sempre se posicionando muito bem entre os defensores.

Créditos da foto principal: Ronald Felipe/Sampaio Corrêa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: