Gol antológico, empate amargo: análise Salgueiro 1 x 1 CRB

Por: Guilherme Batista

O empate em 1 x 1 entre Salgueiro e CRB teve um destaque especial: Ciel. O atacante de 39 anos marcou um gol do meio de campo, fez o que nem Pelé conseguiu, mas não foi capaz de dar a vitória ao Carcará neste domingo (4), no Cornélio de Barros, pela penúltima rodada da Copa do Nordeste.

Sem a vitória, os sertanejos têm poucas chances de chegar ao mata-mata da Lampions. Diante do Ceará, no próximo sábado (10), só interessa vencer. Antes, o adversário será o Náutico, quarta (7), pelo Campeonato Pernambucano.

Apoie o Pernambutático e receba conteúdos exclusivos do seu time de coração

Com seis mudanças em relação a derrota pro Sampaio Correia, o Salgueiro entrou em campo mantendo seu 4-3-3, com Ciel começando de titular pela primeira vez desde seu retorno e também Tarcísio, que retornou ao 11 inicial no lugar de Héricles, dando mais mobilidade ao time.

Formação inicial do Salgueiro no Sertão (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

Com a bola rolando, os primeiros minutos foram de posse alagoana, mas chances efetivas pernambucanas. Aos três minutos, Aruá deu passe açucarado para Ciel, cara a cara com Edson, chutar para fora. Minutos depois, Tarcísio arriscou da entrada da área obrigou o camisa 1 a fazer outra boa intervenção.

Porém a participação do arqueiro alagoano foi interrompida aos 8 minutos. Após cobrança de escanteio, Felipe Baiano escorou de cabeça e Alison quase marcou para o Carcará. Edson acabou salvando, mas no lance se chocou com o camisa 11 do Salgueiro e teve que sair de campo, dando lugar a Diogo Silva.

Percebendo a facilidade do Carcará para atacar e a liberdade que os meias tinham, Roberto Fernandes promoveu uma mudança defensiva e o CRB passou de 4-1-3-2 para o 4-4-2, com duas linhas mais compactadas, com Hyuri e Lucão mais a frente. A partir daí, o CRB passou a segurar mais o Salgueiro e atacar também.

Num vacilo de Lucas, Lucão serviu Hyuri, que chutou para belíssima defesa do camisa 1 pernambucano. Nos minutos finais da primeira etapa, Hyuri tentou um voleio, mas foi pra fora. E na melhor chance do CRB, Diego Ivo subiu livre no meio da defensiva pernambucana e obrigou Lucas a fazer um milagre.

4-2-3-1 sertanejo com Ciel na referência (Imagem: Nordeste FC)

No retorno dos vestiários, Roberto Fernandes sacou Luidy e colocou Jatobá, reposicionando Calyson para a ponta esquerda e deixando Jatobá no meio. E logo no primeiro ataque da segunda etapa, Hyrui levantou para Calyson abrir o marcador, mas o juiz anulou o gol por uma suposta falta de Calyson em Elenilson.

A blitz alagoana seguiu. Diego Torres arriscou bom chute da entrada da área e Lucas colocou para escanteio. Na cobrança do canto, Carlos Jatobá subiu no meio da zaga Carcará e a bola passou com perigo por cima da meta pernambucana. Percebendo a superioridade alagoana, Daniel Neri acionou Héricles e Raimundinho nos lugares de Alison e Aruá.

Somente aos 22 minutos da etapa complementar que o Carcará voltou a assustar a meta do Galo. Héricles dominou dentro da área, girou e bateu para uma defesa espetacular de Diogo Silva, evitando o tento pernambucano. As alterações promovidas por Daniel Neri fizeram o Carcará se portar num 4-2-3-1, com Felipe Baiano e Bruno Sena fazendo a dupla de volantes, Tarcísio, Héricles e Raimundinho mais a frente e Ciel na referência.

Quando a partida parecia se encaminhar para a igualdade sem gols, Ewandro aproveitou a bola afastada parcialmente pela defesa do CRB e acertou um sem pulo perfeito, abrindo o marcador para o CRB. A festa alagoana não durou sequer 20 segundos. Na batida do meio, Ciel surpreendeu a todos e chutou do círculo central e fez uma obra de arte, empatando para o Salgueiro.

Com cinco minutos de acréscimos, Daniel Neri partiu para o all-in. O treinador tirou o zagueiro Richard e colocou o atacante Napão, além de sacar Tarcísio para a entrada de Emanoel, tentando a vitória a qualquer custo. Porém era tarde demais. Com o empate, o Salgueiro vai a 8 pontos e torce para tropeços de ABC e Vitória. Já o CRB chega aos 12 pontos e se aproxima muito da vaga para a próxima fase.

O belo tento de Ciel do “meio da rua” (Imagem: Nordeste FC)

Créditos da foto principal: Rodrigo Avelar/Salgueiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: