Timbatível: análise Retrô 1 x 4 Náutico

Por: Anderson D’wirvelle

Imparável, imbatível. Outra vez absoluto, o Náutico goleou o Retrô por 4 x 1 neste domingo (11), na Arena de Pernambuco, pela sexta rodada do Campeonato Pernambucano, acumulando mais um placar elástico. Agora, precisa manter o ritmo para coroar a grande fase com a conquista do Estadual.

Na escalação, Guilherme dos Anjos seguiu na toada do pai, Hélio, e foi com força máxima: um 4-2-3-1 incisivo e recheado de movimentações. A novidade foi a estreia de Wagner como titular, formando dupla de zaga com Ronaldo Alves, enquanto Djavan se manteve na cabeça de área ao lado de Rhaldney.

Formação inicial dos alvirrubros na Arena (Feito no Tactical Pad)

Apoie o Pernambutático e receba conteúdos exclusivos do seu time de coração

COMO FOI

Montado no seu mais que habitual 4-2-3-1, o time da Rosa e Silva pressionou muito a saída do Retrô, conseguindo algumas estocadas e pegando o adversário desorganizado. Em uma dessas roubadas, Erick achou Kieza, que só precisou de dois toques para definir e marcar o seu 7º gol na competição.

Pouco tempo depois, Vinícius escapou bem pelo lado esquerdo – onde inclusive teve muito espaço para jogar no primeiro tempo -, rolou a bola para Jean Carlos, que acertou o ângulo de Jean, mais um bonito gol: 2×0.

Mesmo com dois gols de vantagem, Timbu mantém o 4-2-3-1 para sufocar a Fênix (Imagem: Rede Globo)

O Timbu seguiu dono do jogo, volume ofensivo enorme e boa intensidade na marcação, troca de passes e movimentações ofensivas. Todos esses quesitos foram fundamentais no terceiro gol. Vinícius de novo arrancou pela esquerda, dessa vez tocou para Kieza, que devolveu o passe e o camisa 11 definiu bem só tirando do goleiro da Fênix.

Na volta do intervalo, Nilson realizou três alterações que instantaneamente deram resultado e o time de Camaragibe já melhorou no jogo. Mathaus conseguiu marcar melhor a ponta esquerda do Timbu e, também chegou algumas vezes ao ataque. Numa dessas chegadas, o lateral cruzou para Gelson marcar o gol dos mandantes.

Após o gol tomado, parece que o Náutico tomou um choque e o alvirrubro já voltou pro jogo. Tomou conta da partida de novo e sofreu pouco. A reação veio dos pés de Vinícius, um dos melhores em campo, que fez o terceiro gol Timbu.

Em vantagem e com a entrada de Giovanny, o Náutico passou a explorar um 4-3-1-2, com o recém entrado ao lado de Kieza no ataque. Numa das jogadas desta dupla, veio o quarto. Giovanny cruzou, Jean espalmou mal e Bryan só completou para o gol completamente vazio.

Alvirrubro postado antes do quarto gol (Imagem: Rede Globo)

Um sonoro 4×1 em mais mais atuação consistente e o “Timba” passa bem pelos seus dois primeiros desafios mais complicados na temporada. Agora, o líder e 100% enfrenta o Santa Cruz, no próximo domingo (18), nos Aflitos, às 16h.

Créditos da foto principal: Tiago Caldas/CNC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: