A Coruja acordou: análise Afogados 2 x 1 Vera Cruz

Por: Felipe Holanda

Após início titubeante, o Afogados venceu mais uma e pulou para a terceira colocação no Campeonato Pernambucano. Jogando em seus domínios, a Coruja derrotou o Vera Cruz por 2 x 1 neste domingo (18), no Vianão, pela sétima rodada, e segue firme na briga pela classificação à segunda fase do Estadual.

Na escalação, o técnico Sérgio China colocou o que tinha de melhor, explorando um 4-3-3 de muitas movimentações, principalmente com Vinícius Vargas e Frank, que foram os destaques e autores dos gols afogadenses. Já o Galo de Edson Silva respondeu no mesmo 4-3-3, apostando na amplitude dos extremos para surpreender o adversário.

Apoie o Pernambutático e receba conteúdos exclusivos do seu time de coração

Formações inicias de Afogados e Vera (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

No início, o Afogados adiantou sua marcação para dificultar a construção do Vera Cruz, formando um 4-1-2-3 com Piauí na referência. Dessa forma, conseguiu controlar o jogo e, aos poucos, ia se soltando para o ataque, tendo Vinícius Vargas como o principal alicerce da progressão de posse e Frank aberto pela esquerda.

Compactação inicial da Coruja (Imagem: MyCujoo)

Em contrapartida, o Galo das Tabocas era mais efetivo ofensivamente, com Everton Bala, Romarinho e Pedro Maycon. Bala até teve a chance de abrir a contagem no Sertão do Pajeú, mas acabou errando o alvo para a sorte do goleiro Léo.

Vendo o adversário crescer no jogo, China passou a explorar mais sua trinca ofensiva, principalmente com Vargas pela direita, que era o lado mais frágil do Vera. Com boa movimentação entrelinhas, Vargas não deu sossego a marcação do Galo e a Coruja começava a construir a vitória, formando um 4-3-3 ofensivo de transições rápidas e verticais.

Afogados explora sua trinca ofensiva (Imagem: MyCujoo)

Foi justamente pela direita do ataque que nasceu o primeiro gol afogadense. Piauí abriu na extremidade e cruzou na boa para Frank, que ajeitou e bateu na saída de Igor Leonardo para abrir a contagem no Vianão no fim do primeiro tempo: 1 x 0.

Na etapa final, o Galo voltou mais ligado e podia ter chegado ao empate. Pedro Maycon recebeu na esquerda, puxou para o meio e finalizou colocado, tirando tinta da trave de Léo. Já o Afogados, com duas linhas de quatro em seu 4-4-2, tentava se segurar na defesa e explorar saídas rápidas no contra-ataque.

Time da casa se defendendo no 4-4-2 (Imagem: MyCujoo)

Na sequência, a chuva no Sertão esfriou as pretensões do Vera e dificultou o andamento do jogo. Melhor para a Coruja, que chegou ao segundo gol graças ao talento de Vargas. O camisa 10 driblou quatro marcadores, mesmo com o campo encharcado, e tocou na saída do goleiro para ampliar a vantagem dos anfitriões.

No apagar das luzes, o Vera ainda conseguiu diminuir. Pedro Maycon sofreu e converteu pênalti, mas não passou daí, apesar do ímpeto ofensivo da equipe visitante.

Créditos da foto principal: Cláudio Gomes/Afogados FC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: