Sete pecados capitais: análise Santa Cruz 0 x 2 Sete de Setembro

Por: Felipe Holanda

O Santa Cruz voltou a repetir os mesmos erros de outrora e amargou mais uma derrota no Campeonato Pernambucano. Buscando a primeira vitória sob o comando de Alexandre Gallo, a Cobra Coral abusou da falta de criatividade e perdeu por 2 x 0 para o Sete de Setembro neste domingo (25), no Arruda, pela 8ª rodada do Estadual.

Com a derrota, o Mais Querido se complica na luta pela classificação à segunda fase. Atualmente na quinta colocação com nove pontos, o Tricolor tem confronto decisivo contra o Retrô na próxima quarta-feira (28), na Arena de Pernambuco, em jogo atrasado pela quarta rodada.

Apoie o Pernambutático e receba conteúdos exclusivos do seu time de coração

Gallo promoveu novidades entre os titulares. A começar pela estreia de Fernando Pillegi na lateral direita, com Derley na cabeça de área. No ataque, Pipico retornou à titularidade num 4-3-3 ofensivo de amplitude pelas bordas. Sem a bola, a principal aposta foi o 4-2-3-1 com flertes rápidos para o 4-1-4-1.

Formação inicial dos corais (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

Quando a bola rolou, o Santa escancarou seu primeiro pecado: a falta de criatividade. Pouco participativo no terço final do campo, Chiquinho precisava recuar até a primeira linha para organizar o jogo. Assim, a equipe perdia em qualidade no passe próximo à área setembrina.

Formando um 4-2-3-1 sem a bola e com Elicarlos fazendo a função de líbero com a posse, o Mais Querido deixava o Sete jogar. Segundo pecado. A primeira finalização, inclusive, foi do Lobo-Guará, mas Nego do Brejão pegou muito em baixo da bola e errou o alvo por muito.

Santa na marcação (Imagem: Rede Globo)

A segunda chance garanhuense, entretanto, foi fatal. Douglas Pelé fez jogada pela direita e caiu na grande área, com a arbitragem marcando pênalti bastante duvidoso. Diogo Capela, que não tinha nada com isso, cobrou firme e abriu o placar no Arruda: 1 x 0 Sete.

Terceiro pecado. Abusando de passes longos, o tricolor esbarrava na boa marcação em linha do Lobo. Chiquinho, em atuação tímida, não conseguia ditar o ritmo das jogadas corais. Vendo o time ir mal, Gallo promoveu a primeira substituição, tirando um dos zagueiros, Wiliam Alves, e colocando Marcel – Derley foi recuado para a zaga.

Se postando numa espécie de 4-2-4, o Santa conseguiu ser mais incisivo no ataque e quase chegou ao empate. Após bola longa, Pipico rolou para trás e Chiquinho, de primeira, por pouco não deixou tudo igual. A bola passou perto da meta de Airon. O fraco desempenho nas finalizações foi o quarto pecado tricolor.

Ainda explorando uma última linha de quatro, agora com as entradas de Jadson e Quiñonez, que substituíram Maxwell e Pillegi, a Cobra cresceu em campo. Logo no primeiro lance da etapa final, a dupla teve boa chance do empate, mas não aproveitou.

Com o Sete se defendendo com duas linhas de quatro, variando entre o 4-4-2 e o 4-2-3-1, o Santa dominava a posse de bola, mas encontrava poucos espaços para infiltrar. Quinto pecado. Com o passar do tempo, o cenário ficava ainda mais difícil, enquanto os visitantes jogavam com o relógio a favor.

Utilizando um 4-3-2-1 na construção de jogas, o Tricolor buscava espaços para chegar ao empate. Numa das poucas chances, Quiñonez rolou para Pipico, que bateu de primeira, mas desperdiçou a chance. Gallo fez todas as mudanças disponíveis, mas nem assim via a equipe responder positivamente. Sexto pecado.

Corais iniciando o jogo lá de trás (Imagem: Rede Globo)

O sétimo e último pecado do Santa veio no no fim. Após boa troca de passes, Grafite escreveu o último capítulo do confronto ao encobrir Jordan e marcar um golaço para selar a vitória setembrina no Arruda.

Créditos da foto principal: Rafael Melo/Santa Cruz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: