Reforço técnico: o que esperar taticamente de Vinícius Vargas no Náutico

Por: Felipe Holanda

A primeira grande aquisição do Náutico para a Série B. Após se destacar com a camisa do Afogados, Vinícius Vargas chega aos Aflitos como reforço técnico no setor de meio campo e será uma opção a mais no esquema de Hélio dos Anjos. O meia de 25 anos vê no Timbu a grande chance da carreira.

Nesta análise, o Pernambutático destrincha tudo sobre o novo contratado, com principais características táticas, números na carreira, relatórios de ações por jogo, e como Vargas pode se encaixar na equipe alvirrubra na caminhada rumo ao acesso.

Apoie o Pernambutático e receba conteúdos exclusivos do seu time de coração

O MAESTRO SERTANEJO

Apesar de iniciar a carreira como segundo volante de chegada na área, Vargas despontou atuando como meia e construindo o jogo, caindo mais pela direita. No Afogados, se destacou pela profundidade e condução de bola favoráveis, se encaixado no 4-3-3 sertanejo em mais de uma posição.

“Espero poder chegar para agregar a equipe, tanto dentro quanto fora de campo, com o grupo. Me considero um jogador moderno, tenho um bom potencial na marcação, na criação de jogo e com chegada na frente. Espero ajudar o Náutico e conquistar todos os objetivos da temporada”

Vinícius Vargas, em entrevista ao site oficial do Náutico

Apesar da ótima passagem pela Coruja, Vargas chega para brigar por posição, já que o meio de campo alvirrubro está encorpado e é um dos pontos fortes do time. Em uma eventual entrada no segundo tempo, a tendência é que ele assuma o posto de Jean Carlos, ficando por mais por dentro na incumbência de criar as jogadas.

Possível formação com Vargas no time (Feito no Tactical Pad)

Outro opção para Hélio é colocar Vargas mais aberto pela direita, caso Erick não venha em atuação inspirada. Assim, o novo reforço faria parceria com Hereda na progressão de posse Timbu, explorando profundidade pelos lados para encontrar brechas na marcação rival.

Timbu com Vargas de ponta direita (Feito no Tactical Pad)

DE UM LADO PARA O OUTRO

Em alguma ocasiões, Vargas inverte de lado para dar apoio ao lateral-esquerdo e utilizar um jogo apoiado, enquanto o Afogados do técnico Sérgio China apostava num 4-4-2 de transições rápidas. Foi o que aconteceu contra o Central, no Lacerdão, no empate em 1 x 1.

Vargas caindo pela esquerda (Imagem: MyCujoo)

Nada impede, inclusive, que Vargas caia pela esquerda no Timbu. Neste cenário, briga por posição com Vinícius, que é um dos destaques da equipe e só perderia a titularidade em caso de lesão ou substituição eventual no decorrer dos 90 minutos.

“Fiquei muito feliz pela campanha que fiz no Afogados, conseguindo me destacar individualmente. A ideia é sempre evoluir. É uma grande oportunidade e a realização de um sonho poder vestir a camisa de um gigante do futebol brasileiro”

Vinícius Vargas, em entrevista ao site oficial do Náutico

VISÃO DE JOGO APURADA

No Juventude-MA, onde estava antes de assinar com a Coruja, Vargas teve êxito em bolas longas, se unindo aos volantes e lateral para a organização a construção ofensiva. Observava a movimentação de seus companheiros e conseguia criar chances de perigo com frequência.

Vargas dá lançamento em profundidade (Imagem: MyCujoo)

Além de chegar na frente, Vargas já mostrou que tem potencial para recuar e organizar a posse de bola lá de trás. Tem qualidade no passe e sai muito bem nos desarmes, dando início a transição ofensiva. Algumas das qualidades do meia foram vistas contra o Santa Cruz, num dos confrontos pelo Pernambucano.

INÍCIO COMO SEGUNDO VOLANTE

Nos tempos de Campinense, Vargas atuava muito como segundo homem de meio campo. Lá, distribuía bem o jogo, mas não tinha solidez defensiva. Na incumbência de marcar, atuando com mais de um atacante, acabava deixando espaços e por isso foi acionado para jogar mais adiantado.

No Náutico, a tendência é que ele não seja aproveitado nesta função. Caso um dos volantes titulares – Rhaldney ou Djavan – não possam jogar, Marciel deve ser o acionado para atuar na cabeça de área.

Créditos da foto principal: Tiago Caldas/CNC

2 comentários em “Reforço técnico: o que esperar taticamente de Vinícius Vargas no Náutico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: