Chave virada: análise Central 3 x 2 Caucaia

Por: Guilherme Batista

Foi com emoção, mas o Central enfim virou a chave após o rebaixamento no Pernambucano. Na tarde deste domingo, (15), a Patativa recebeu o Caucaia no Lacerdão e, após ficar atrás no placar por duas oportunidades, a equipe caruaruense reuniu forças para virar a partida e vencer a primeira na Série D 2021.

Com mudanças em relação a estreia, o Central foi mais ofensivo diante do Caucaia. (Imagem feita no TacticalPad)

Apoie o Penambutático e receba conteúdos exclusivos do seu time de coração

Jogando em casa, o Central começou a partida tentando impor seu jogo, ocupando o campo de ataque. Alternando defensivamente entre 4-1-4-1 e 4-4-2, a Patativa subia suas linhas para forçar o erro do Caucaia, que demonstrou dificuldades para sair jogando.

A primeira boa chegada da Patativa veio após Sinho cobrar escanteio e Rogerinho cabecear para belíssima defesa de Uoston. Imprimindo muita intensidade pelo lado direito com Sinho e David, o Central encontrava espaços na defesa cearense, sobretudo com bolas aéreas. A falta de efetividade alvinegra, no entanto, custou caro. Na primeira boa chegada cearense, Genesis aproveitou o vacilo da defesa caruaruense e fez valer a lei do ex no Lacerdão, abrindo o marcador para o Caucaia.

A resposta da Patativa foi rápida e eficaz. Após bela jogada de David, Rogerinho fintou a marcação e acertou belo chute de perna esquerda para empatar a partida rapidamente. A mobilidade dos homens de frente do Central, sobretudo Pedro Maycon e David, fizeram com que o Central continuasse superior e levando perigo a meta da Raposa Metropolitana, mas o primeiro tempo acabou 1 a 1.

Com os homens de frente flutuando bastante, o Central criou espaços e soube aproveitar. (Imagem: ElevenSports)

O começo da segunda etapa repetiu o cenário da primeira etapa. Com David se movimentando bastante, a Patativa logo levou perigo após o camisa 11 cruzar para Pedro Maycon finalizar por cima da meta cearense. No entanto, com o passar do tempo, o jogo esfriou e as equipes começaram a ter dificuldades para criar oportunidades.

Foi quando a bola aérea voltou a castigar o Central, após cobrança de escanteio, a bola pegou na mão de Sinho e o juiz assinalou pênalti para o Caucaia. Na cobrança, Ednei soltou o pé para recolocar a Raposa em vantagem na partida. A resposta alvinegra, novamente, não tardou. Weide, goleiro alvinegrou, esticou a bola e encontrou Rogerinho completamente livre de marcação. Cara a cara com o goleiro, o camisa 10 deslocou o arqueiro e empatou a partida novamente.

Quando o jogo adentrou em sua reta final, Sinho levantou a bola com maestria e Eduardo Favero subiu no meio da área para cabecear e virar a partida para o Central, dando números finais e três pontos importantíssimos para a Patativa: Central 3×2 Caucaia. Na próxima rodada, o Central vai até a Paraíba enfrentar o Treze, enquanto que o Caucaia enfrentará o Atlético-CE.

Se postando no 4-1-4-1, o Central minou a criação do Caucaia, mas sofreu com a bola parada. (Imagem: ElevenSports)

Créditos da imagem principal: Reprodução/Blog do Evaldo Magalhães

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: