Ponto insuficiente: análise Volta Redonda 0 x 0 Santa Cruz

Por: Guilherme Batista

O Santa Cruz até que tentou, mas segue sem vencer na Série C e agora amarga a lanterna do Grupo A. Na noite deste sábado (26), os corais foram até o Raulino de Oliveira para enfrentar o Volta Redonda e, apesar da boa organização defensiva, não foi efetivo o suficiente para tirar o zero do placar em partida válida pela quinta rodada.

Mesmo pressionado pelos resultados da rodada, Roberto Fernandes apostou na manutenção do esquema. Em relação ao time que empatou em 2×2 com o Jacuipense, as ausências foram o goleiro Jordan e o zagueiro William Alves, ambos de fora por Covid-19; assim, Geaze – fez a estreia – e Júnior Sergipano tiveram uma oportunidade.

Mais Querido teve mudanças forçadas pela Covid (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

Apesar da necessidade da vitória, o Santa começou a partida adotando uma postura mais reativa. Se fechando no 4-4-2, com rápidos flertes para o 4-1-4-1, o Tricolor tentou dificultar a criação do Voltaço, que tinha a posse de bola, mas não achava espaços nas linhas corais. As ações do Esquadrão de Aço acabavam em finalizações de fora da área, sobretudo com Naninho.

Quando tinha a posse de bola, o Mais Querido apostou na mobilidade dos homens de frente para tentar levar perigo a meta carioca, mas esbarrou nas próprias limitações e pouco fez, de fato. A melhor oportunidade da primeira etapa foi do mandantes. Naninho levou a bola para a linha de fundo e cruzou para Emerson Júnior finalizar e obrigar Geaze a fazer boa defesa.

Em uma das investidas, Wallace fez pivô e Chiquinho ficou de falso 9 (Imagem: DAZN)

No retorno dos vestiários, o Santa voltou com mais ímpeto. Buscando os flancos do campo, a equipe enfim levou perigo após boa jogada individual de Eduardo, que encontrou Wallace PE, o atacante fez o pivô e rolou para Chiquinho chegar batendo pra fora.

A resposta carioca veio após belo cruzamento de Luiz Paulo para cabeçada de Júlio Amorim, que parou em Geaze. No lance seguinte, Júlio Amorim arriscou de longa distância e, novamente, o arqueiro coral fez boa intervenção.

Insatisfeito com o empate, Roberto Fernandes mexeu no time e tentou ir pra cima do Voltaço. A mudança de postura, no entanto, foi insuficiente. As limitações voltaram a travar as ações ofensivas do Santa, que não conseguiu balançar as redes adversárias e segue sem conhecer o sabor da vitória na Série C.

Mais ofensivo no fim, Santa não conseguiu ser efetivo no terço final (Imagem: DAZN)

Créditos da foto principal: Caique Coufal/Volta Redonda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: