Sem luz no fim do túnel: análise Botafogo 1 x 0 Santa Cruz

Por: Felipe Holanda e Mateus Schuler

Escuridão. O Santa Cruz segue sem vencer na Série C do Campeonato Brasileiro e amargou mais um revés na luta contra o rebaixamento. A Cobra Coral teve atuação aquém do esperado, sendo derrotada por 1 x 0 pelo Botafogo-PB neste sábado (24), no Almeidão, em confronto válido pela 9ª rodada do Grupo A.

Apoie o Pernambutático e receba conteúdos exclusivos na tela do seu celular. Seja membro Vip clicando aqui

O TIME

O Mais Querido entrou em campo totalmente modificado, pois foi com três zagueiros, uma tentativa de Roberto Fernandes para se equiparar à equipe botafoguense. Dessa maneira, postado no 3-5-2, o time coral teve a volta de William Alves à titularidade, enquanto que Frank e Levi formaram a dupla de ataque, pois Lucas Batatinha foi dispensado ao longo da semana.

Corais entraram modificados para tentar surpreender paraibanos (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

Na mesma moeda. Com uma linha inicial de cinco, o Santa Cruz conseguiu segurar o ímpeto botafoguense nos minutos iniciais. Quando tinha a posse, utilizou uma saída 3+2+3+2 para espaçar as peças em campo e encontrar espaços na marcação rival. A primeira finalização no jogo, inclusive, foi coral, quando Rondinelly tentou o arremate e o viu desviar na zaga.

Aos poucos, o Belo ia conseguindo chegar mais incisivo no ataque, deixando a defensiva tricolor em alerta. Numa das investidas, Sávio infiltrou pela direita e cruzou, mas a bola morreu na rede pelo lado de fora. A resposta veio logo depois, dessa vez com Levi, que finalizou à esquerda da meta paraibana sem assustar Lucas.

Quando teve a posse no ataque, o Mais Querido repetia a saída de bola, com 3+2 à frente da linha de meio campo. Assim, tinha o controle do ritmo, mas o que faltou foi intensidade para conseguir chegar à zona de arremate. No final do primeiro tempo, para agravar o quadro, Levi recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Mesmo povoando o campo adversário, corais não tiveram criatividade (Imagem: DAZN)

Era a deixa que o Botafogo precisava para crescer na etapa final. O gol não tardou, mesmo que o Santa se fechando no 5-2-2. Gabriel Araújo cruzou e Sávio finalizou com categoria para vencer Jordan e abrir a contagem no Almeidão: 1 x 0. Foi um balde de água fria na pretensões corais na partida, que agora precisou correr contra o tempo.

Além de Tarcísio e Madson, que foram acionados nas vagas de Victor Oliveira e Rondinelly, Roberto Fernandes promoveu Rone e Elias Carioca nos lugares de Vitinho e Frank. De início, o confronto até ficou bem equilibrado e os corais até seguraram as tentativas de ímpeto dos botafoguenses, mas não tiveram poder criativo para assustar.

Na reta final, os pernambucanos tiveram a única boa oportunidade de toda a segunda etapa, porém não souberam aproveitar. Madson foi lançado em profundidade e, com liberdade da marcação, mandou mal e sobre a meta paraibana. O comandante tricolor ainda colocou Léo Gaúcho e tirou Maycon Lucas, contudo não conseguiu alterar o placar.

Pernambucanos tentaram seguir com linha de 5, mas não tiveram sucesso (Imagem: DAZN)

Crédito da foto principal: Rafael Melo/Santa Cruz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: