Confi4nça abalada: análise Náutico 0 x 4 Confiança

Por: Felipe Holanda

O Náutico sofreu o primeiro duro golpe na Série B do Campeonato Brasileiro. Em atuação aquém, perdeu do Confiança por 4 x 0 neste sábado (7), nos Aflitos, pela 16ª rodada da Segundona. Apesar do revés, que lhe custou a invencibilidade como mandante na temporada, Timbu ainda segue na topo da tabela.

Na escalação, Hélio dos Anjos promoveu novidades. A começar pela ausência de Hereda, poupado pelo DM, para a entrada de Thassio na lateral direita. Além dele, Breno Lorran entrou no lado oposto, com Jean Carlos, Iago Dias, Marciel e Paiva mais à frente, mantendo o 4-2-3-1 alvirrubro.

Formação inicial dos Timbus (Feito no Tactical Pad)

Apoie o Pernambutático e receba conteúdos exclusivos na tela do seu celular. Seja membro Vip clicando aqui

COMO FOI

Surpreendido. Quando tentava controlar o jogo, se impondo entrelinhas, o Náutico foi pego de surpresa nos minutos iniciais. Marcelinho acertou um belo chute no travessão e no rebote, Willians Santana completou para o gol vazio, abrindo o placar nos Aflitos.

Em desvantagem, o Timbu passou a valorizar ainda mais a posse e caprichar na construção ofensiva à procura de espaços na marcação do Proletário. Neste cenário, a estratégia mais utilizada pelos comandados de Hélio dos Anjos era atacar no 4-2-3-1 característico; o 4-2-4 também foi visto em fase ofensiva.

Movimentação pernambucana na construção (Imagem: Sportv/Premiere)

Mais incisivo no terço final do campo, o Timbu podia ter aberto e virado o placar em dois lances de perigo. No primeiro, Paiva completou cruzamento de Jean Carlos e acertou o travessão; depois, foi a vez de Marciel arriscar de longe e tirar tinta da trave de Michael.

Os alvirrubros estiveram perto do empate, mas esbarraram na solidez defensiva do Dragão. Para agravar o quadro, no fim do primeiro tempo, Rafael Vila ainda fez o segundo, abalando de vez a confiança pernambucana. Pela primeira vez na temporada, a invencibilidade Timbu estava sob risco.

No segundo tempo, quando o Náutico esboçava uma reação, o Confiança anotou o terceiro, dessa vez com o zagueiro Nirley, aproveitando o rebote após grande defesa de Alex Alves, em novo cochilo do sistema defensivo vermelho e branco. Na sequência, Rafael Vila arrematou de fora da área e fez o quarto.

Mais ativo com a entrada de Matheus Carvalho, mantendo o 4-2-3-1, o Timbu tentou diminuir, mas esbarrou nas grandes defesas do goleiro Michael. Ainda sem criar muito, restaram as bolas aéreas e foi só. No fim, Carlão e Neto Berola ainda foram expulsos, o que não alterou o placar.

Com Paiva na referência, alvirrubros ainda buscaram o gol de honra (Imagem: Sportv/Premiere)

Créditos da foto principal: Tiago Caldas/CNC

Um comentário em “Confi4nça abalada: análise Náutico 0 x 4 Confiança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: