À espera de um milagre: análise Paysandu 1 x 0 Santa Cruz

Por: Felipe Holanda

Arrancada freada. O Santa Cruz voltou a cometer falhas ofensivas e perdeu do Paysandu por 1 x 0 neste domingo (5), na Curuzu, pela 15ª rodada do Grupo da Série C do Campeonato Brasileiro, ficando à espera de um milagre na luta contra o rebaixamento. Gol solo foi marcado por Marino.

Na escalação inicial, Roberto Fernandes manteve a base dos últimos jogos, exceto pela entrada de Vitinho na vaga de Tarcísio, lesionado. Mais à frente, Pipico e Wallace Pernambucano seguiram na dupla de ataque, com Levi completando o 4-2-2-2 tricolor, além de Jaílson por dentro.

Formação inicial do Mais Querido (Feito no Tactical Pad)

Apoie o Pernambutático e receba conteúdos exclusivos na tela do seu celular. Seja membro Vip clicando aqui

COMO FOI

Quando a bola rolou, as equipes começaram se estudando, o que acabou prejudicando as emoções. Com o Paysandu domindo a posse de bola, o Santa se fechava no 4-4-2 fixado, tendo apenas Wallace Pernambucano e Pipico mais adiantados. Foi o suficiente para frear o ímpeto inicial dos paraenses.

Compactação defensiva dos pernambucanos (Imagem: DAZN)

Buscando sair para o jogo, o Mais Querido adiantou suas linhas à procura de brechas na marcação bicolor. Pipico dominou perto da área e rolou para a direita, mas o cruzamento de Levi não saiu legal. Melhor para os donos da casa.

Aos poucos, Jaílson começava a aparecer, capitaneando as investidas ofensivas. Para o azar dos comandados de Roberto Fernandes, a defesa do Papão não dava espaços, truncando cada vez mais a partida, à medida em que o relógio já ultrapassava os primeiros 30 minutos.

Até que Wallace disparou pela esquerda e saiu cara a cara com o goleiro, batendo colocado rente à trave, para desesperto de Roberto. Foi a melhor chance de todo o primeiro tempo, reservando as energias para a etapa final.

Corais atacaram com quarteto ofensivo para buscar empate, mas sem sucesso (Imagem: DAZN)

A última metade começou com o Paysandu voltando mais disposto e quase marcando com Marino. A resposta coral veio logo depois, mas a arbitragem anulou gol duvidoso de Pipico. Em ritmo frenético, o mesmo Marino teve nova chance e, desta vez, estufou as redes de Jordan: 1 x 0.

Atrás no placar, o Santa precisava responder o quanto antes. Na tentativa de dar mais profundidade na esquerda, Roberto colocou Frank e Gilmar nas vagas de Levi e Leonan, respectivamente. Neste cenário, o time chegou a explorar um 4-2-4 em fase ofensiva na tentativa de furar o bloqueio do Papão, tendo Jaílson chegando à última linha.

Os ânimos se exaltaram no fim, Paulinho e Maycon Lucas se estranharam e terminaram expulsos. Pior para os tricolores, que perderam tempo. Os pernambucanos foram perdendo o restante das forças e amargaram mais uma derrota. Pipico teve a chance, mas pegou mal na bola.

Créditos da foto principal: Rafael Melo/Santa Cruz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: