Trabalhados na igualdade: análise Caruaru City 1 x 1 1º de Maio

Por: Ivan Mota

Igualitário. Caruaru City e 1º de Maio ficaram no empate em 1 x 1 neste sábado (18), no estádio Antônio Inácio, pela terceira rodada da Série A2 do Campeonato Pernambucano. O resultado manteve os dois invictos na competição: enquanto o Leopardo segue na liderança do Grupo B, o Azulino chegou ao terceiro lugar.

Para a partida, os donos da casa se armaram no 4-2-3-1, com Candinho trabalhando na armação da equipe, entre os pontas David e Grafite, deixando Everton Felipe como homem de referência. Já o time de Petrolina se postou em um 4-2-2-2, com Lucas e Jildemar formando a dupla de ataque, além da chegada ofensiva dos meias Carlos Magno e Everton.

Apoie o Pernambutático e receba conteúdos exclusivos na tela do seu celular. Seja membro Vip clicando aqui

Formações iniciais dos dois times (Feito no Tatical Pad)

COMO FOI

Em primeiro tempo bastante movimentado, os visitantes começaram levando perigo, propondo o jogo e abrindo o placar logo aos cinco minutos. Após falha da defesa, o atacante Everton aproveitou e mandou de cabeça, encobrindo o goleiro Juca. O time de Petrolina manteve a posse de bola nos primeiros 15 minutos, sem deixar os donos da casa trabalharem ofensivamente.

A primeira chegada perigosa do City só foi acontecer aos 20 minutos. Everton Felipe recebeu sozinho, de frente para o gol, depois de um excelente cruzamento, mas cabeceou para fora. Com o placar favorável, a Arara-Azul passou a deixar mais a bola em posse do Caruaru, visando os contra-ataques, sem sucesso, enquanto os caruaruenses exploravam um 4-2-3-1 no ataque.

4-2-3-1 do Caruaru City em ação no campo ofensivo (Imagem: TV FPF)

Porém, já nos acréscimos, brilhou a estrela do experiente meia Candinho, que acertou uma bela cobrança de falta, no ângulo de Rodolfo, marcando um verdadeiro golaço e empatando o placar.

Roteiro que se repetiu na etapa final. A equipe de Petrolina voltou melhor, tentando forçar o jogo, porém, sem o mesmo sucesso do tempo anterior. O City demorou um pouco, mas voltou a tomar a posse da partida. A virada quase aconteceu, mas João Victor não aproveitou o rebote do goleiro, que não segurou um primeiro chute fraco, mas se recuperou, evitando o gol.

O jogo manteve o mesmo passo até o fim. Os donos da casa com mais posse, mas sem efetividade. Os petrolinenses se fecharam cada vez mais, montando duas linhas de quatro no campo de defesa, conseguindo parar o ataque adversário e mantendo o placar empatado até o fim.

1º de Maio postado num 4-1-4-1 se defendendo (Imagem: TV FPF)

Créditos da foto principal: Eduardo Travassos/Caruaru City

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: