Incendiado: análise Juazeirense 1 x 0 Central

Por: Ivan Mota

Apesar de deixar uma boa impressão, Central não conseguiu apagar o fogo do Cancão e foi derrotado por 1 x 0 nesta terça-feira (12), no Adauto Moraes, em Juazeiro. Eduardo, de pênalti, fez o único gol do jogo, selando a eliminação da Patativa ainda durante a primeira fase da Pré-Copa do Nordeste.

Sem atuar oficialmente desde 5 de setembro, quando foram derrotados por 2 x 1 para o América-RN, em confronto válido pela fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro, os caruaruenses jogaram com muitas novidades; elenco alvinegro passou por reformulação. O treinador Nilson Corrêa armou o time no 4-2-3-1, tendo Maycon Alagoano como o responsável pela armação.

Alvinegros entraram modificados para duelo decisivo pelo regional (Feito no Tactical Pad)

Apoie o Pernambutático e receba conteúdos exclusivos na tela do seu celular. Seja membro Vip clicando aqui

COMO FOI

O primeiro tempo começou com domínio da Patativa, que chegou algumas vezes com perigo nos primeiros 20 minutos. O principal destaque foi o ponta esquerda Alex Aliança, que além de finalizar, conseguiu boas jogadas no seu lado de ataque, obrigando os adversários a cometerem faltas. Desse modo, os pernambucanos até balançaram as redes, mas o gol do zagueiro Pedro Victor foi anulado por conta de desvio em Genildo, que estava impedido.

Com o passar do tempo, os donos da casa começaram a se impor, deixando clara a diferença física entre os times. Os baianos passaram a ter mais posse de bola e maior número de chances criadas, porém sem perigo real à meta de Murilo. Os centralinos passaram a se fechar mais, chegando até a montar uma linha de cinco na defesa, jogando num 5-3-2 quando ficava sem a bola.

Caruaruenses ficaram bem compactados defensivamente (Imagem: Nordeste FC)

A segunda etapa começou do mesmo jeito que a primeira terminou. Assim, o Cancão de Fogo seguiu buscando mais o ataque, mas ficando na boa e forte marcação dos alvinegros. Só que toda a pressão gerou resultado. Os baianos se infiltraram na área com Adilson, que recebeu bom passe pela esquerda; o jogador acabou derrubado pelo goleiro Murilo, em um lance bastante infantil, e Eduardo não desperdiçou a cobrança, mandando no canto direito.

Com o placar desfavorável, a Patativa se lançou ao ataque por um all-in, já que Nilson promoveu as cinco mudanças. Sem organização, entretanto, não mostrou solidez defensiva e acabou deixando muitos espaços para contra-ataques, além de não conseguir criar chances reais para buscar o empate. A equipe até tentou avançar num 4-3-3, porém não conseguiu tirar o resultado negativo, dando adeus às possibilidades de disputar a Copa do Nordeste em 2022, dificultando ainda mais sua situação para a próxima temporada.

4-3-3 ofensivo no fim de jogo em busca do empate (Imagem: NordesteFC)

Créditos da foto principal: Ayrton Latapiat/Ascom Juazeirense

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: