Brilha mais uma estrela: análise Caruaru City 0x0 América

Por: Guilherme Batista

Honrando a letra de seu hino, o Caruaru City fez brilhar mais uma estrela no agreste pernambucano. Participando da Série A-2 do Estadual pela primeira vez, o Leopardo não deu chances para os adversários e, na tarde deste domingo (14), carimbou o acesso, que veio junto ao título.

Os caruaruenses foram a campo sem o seu grande craque: o meia Candinho, por lesão, não pôde entrar em campo e, em seu lugar, Aruá foi acionado, mantendo o 4-2-3-1. No lado do Periquito, Raimundinho e Tarcísio não estiveram presentes, mas os comandados de Sérgio China se mantiveram no 4-4-2.

Formações iniciais no Lacerdão (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

Enfrentando um adversário sem pretensões, o Caruaru City tinha a vantagem do empate e até poderia perder por dois gols de diferença. Desta forma, não houve pressa por parte do Leopardo, que manteve-se calmo desde os minutos iniciais para tentar furar a boa compactação defensiva do Mequinha, que se fechava num 4-4-2.

A primeira oportunidade veio dos pés de Manteiga, que fez boa tabela, invadiu a área do América e obrigou Danilo a fazer boa defesa. Apesar de franco atirador, o Periquito não se intimidou. Após boa jogada de Lucas Santana, Adaílson recebeu dentro da área e quase abriu o marcador para os visitantes. Na melhor oportunidade da primeira etapa, Heverton Luís subiu no meio da defesa esmeraldina e cabeceou para defesa espetacular de Danilo.

Se fechando 4-4-2, Esmeraldinos dificultaram a criação do Leopardo (Imagem: TV FPF)

No retorno dos vestiários, o Leopardo voltou com mais ímpeto, tentando resolver a partida o quanto antes. Alternando ataques entre 4-3-3 e 3-3-4, o City pressionou o Mequinha. Aos 2 minutos, Aruá fez grande jogada e acionou Léo Cotia, que demorou a finalizar e desperdiçou a oportunidade.

O time mandante seguiu pressionando e buscando abrir espaços na defensiva alviverde. Quando conseguiu, Everton Felipe recebeu bom cruzamento e cabeceou para boa intervenção de Danilo. Quando a equipe caruaruense enfim conseguiu vencer o goleiro adversário, o gol foi impugnado por impedimento de Heverton Luís.

Na última tentativa do Leopardo, Aruá encontrou passe milimétrico para Pedrinho Caruaru sair cara a cara com Danilo e, novamente, parar no arqueiro esmeraldino. Ao apito final, os anfitriões carimbaram o acesso e tiveram que esperar alguns minutos para saber o resultado final em Petrolina. A Fera Sertaneja empatou nos acréscimos para a explosão dos 1.498 torcedores presentes ao Antônio Inácio, pois o empate no Sertão deu o título aos caruaruenses.

Com mais ímpeto ofensivo na etapa final, City mudou sua postura ofensiva (Imagem: TV FPF)

Créditos da foto principal: Reprodução/FPF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: