Seguindo em frente: análise Linense 0 x 2 Sport

Por: Mateus Schuler

Classificado. Soberano do início ao apito final, o Sport seguiu em frente na Copa São Paulo de Futebol Júnior após vencer – convencendo – o Linense por 2×0 nesta quarta-feira (12), no estádio Gilbertão, em Lins. Os gols que deram a classificação ao Leão foram assinalados por Paulinho e Cícero, ambos no segundo tempo; adversário na terceira fase volta a ser o Mirassol, que despachou o Atlético-MG.

Para o confronto com o Elefante, o técnico rubro-negro teve duas ausências: lateral-esquerdo Diego Ferreira e meio-campista Ronald, baixas por dores no joelho. No meio-campo, Ajul fez a cabeça de área junto a Fábio, tendo David como opção entre os reservas, mantendo as peças da última partida do 4-2-3-1 leonino.

Pernambucanos tiveram manutenção tática ante os alvirrubros (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

A partida começou bastante intensa, com os dois times se estudando, mas o Sport demonstrou leve superioridade em campo. Não por acaso, conseguiu a primeira boa chance: Paulinho bateu firme pela direita perigosamente e deu susto à meta adversária; em seguida, ele mesmo chutou rasteiro e Henrique se esticou todo para colocar a escanteio.

Curtindo o conteúdo? Apoie o Pernambutático clicando aqui

Postado no 4-3-3 quando tinha a bola, o Leão se impôs no setor ofensivo e o Linense ficou mais acuado no seu próprio campo, buscando fechar espaços. Isso não diminuiu os ímpetos leoninos, pois Paulinho inverteu para Francisco, que dominou, avançou e finalizou em cima de Henrique, mas o goleiro fez a defesa em lance parado por impedimento.

Já próximo da reta final, os pernambucanos continuaram atacando e quase marcaram o primeiro gol. Fábio levantou na área para Francisco arrematar de primeira e parar no camisa 1 do Elefante. Os donos da casa reagiram nos últimos minutos com Igor, que completou cruzamento de Luan após contra-ataque veloz e parou em Adriano.

Meio-campo leonino jogou distante do ataque, mas foi criativo (Imagem: Eleven Sports)

O bom rendimento durante a etapa inicial fez o treinador Sued Lima manter o time titular, além da constante presença no ataque. Logo no início, seguiu em calma e conseguiu tirar o zero do placar: Paulinho foi lançado com liberdade e teve o chute bloqueado pela marcação, porém a bola encobriu Henrique e morreu no fundo do gol.

Pouco depois, os rubro-negros tiveram a oportunidade de ampliar, contudo a pontaria falhou. Francisco fez bom lance individual pela esquerda e tocou na medida para Welberty que, debaixo da barra, mandou pela linha de fundo. O técnico leonino, aprovando a boa atuação, promoveu as entradas de Cícero e Leoni nas vagas de Diego e Paulinho, respectivamente.

Formando duas linhas de 4 sem a bola, demonstrando muita compactação, a equipe da Praça da Bandeira neutralizou as investidas alvirrubras, já que o poder criativo era mínimo. No final, a classificação foi consolidada com uma pintura: Cícero recebeu no último terço pela direita, deu o drible da vaca num adversário e encheu o pé sem dar chances a Henrique.

Bastante compacto na defesa, Leão neutralizou investidas do Elefante (Imagem: Eleven Sports)

Créditos da foto principal: Igor Cysneiros/Sport

Um comentário em “Seguindo em frente: análise Linense 0 x 2 Sport

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: