No apagar das luzes: análise Vera Cruz 1 x 2 Retrô

Por: Ivan Mota

Emoção até o fim. Com gol aos 49 do segundo tempo, o Retrô venceu o Vera Cruz, neste domingo (23), na Arena de Pernambuco, em jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Pernambucano Betsson 2022. O primeiro tempo terminou empatado, mas João Guilherme garantiu os três pontos para a Fênix, que larga com o pé direito no estadual.

Para o primeiro jogo da temporada, Dico Wooley manteve o já tradicional esquema do Retrô, porém com algumas novidades no time titular em relação ao último amistoso da pré-temporada. Augusto Potiguar, Radsley, Lucas Silva e Giva foram algumas das caras novas no 11 inicial. Já o Vera Cruz de Gabriel Lisboa, optou por atuar em um 4-4-2 com Anthony e Vinícius Caveira comandando o ataque.

Escalações iniciais do Galo e da Fênix na estreia (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

O jogo iniciou com um domínio amplo dos visitantes. A equipe de Vitória de Santo Antão parecia nervosa, errando bastante na saída de bola e proporcionando chances ao adversário. Buscando se fechar para evitar as investidas, chegou a se postar num 5-3-2, com o volante Mauricio recuando para recompor a defesa.

Galo das Tabocas em fase defensiva (Imagem: TV FPF)

Mas, logo aos dez minutos, mais uma falha aconteceu e dessa vez não houve perdão. Augusto Potiguar mandou um cruzamento para a entrada da área, a defesa se atrapalhou e a bola sobrou para o atacante Renato. O camisa 10 chutou com força, vencendo o goleiro João Ciriaco para abrir a contagem na Arena.

Após o gol, a partida diminuiu o ritmo. Com a vantagem no placar, a Fênix passou a tocar mais a bola, aumentando sua posse e mantendo o seu 4-3-3 inicial. Os lances mais perigosos só aconteceram no fim da primeira etapa. Após boa jogada coletiva, Radsley encontrou Gustavo Ermel sozinho na área, mas o atacante retroense perdeu uma chance incrível de ampliar. Minutos depois, a punição chegou. Após cobrança curta de escanteio, Índio acertou um belo cruzamento na cabeça de Márcio, que deixou tudo igual.

Recomposição do Retrô antes do empate (Imagem: TV FPF)

O segundo tempo foi dominado pela equipe de Camaragibe, que desde o primeiro minuto passou a buscar a vitória. Rodrigo Fumaça, que entrou após o intervalo, perdeu uma grande chance logo nos primeiros minutos. Saindo para o jogo, a equipe se postava num 3-4-3, com Charles fazendo a função de terceiro zagueiro, dando liberdade para os laterais avançarem e se aproximarem do trio de ataque.

Postura da Fênix na etapa final (Imagem: TV FPF)

O Galo do Maués até conseguiu se ajustar melhor defensivamente no decorrer da segunda etapa, mas as principais chances seguiam com os visitantes, que chegaram até a balançar as redes, mas o gol de Ermel foi anulado pela arbitragem por impedimento. Após várias alterações, os donos da casa cresceram no jogo e partiam para cima armados no 4-4-2. Aos 39 minutos, o atacante Nego Biza, uma das novidades para a segunda etapa, teve uma chance claríssima, após ficar cara a cara com o goleiro Jean, mas o camisa 1 levou o melhor.

Galo chegou próximo da virada, mas sem sucesso (Imagem: TV FPF)

E quem não faz, leva. Aos 49 minutos, outro substituto teve grande chance, mas dessa vez não desperdiçou. João Guilherme recebeu um excelente cruzamento de Renato e mandou de cabeça para o fundo das redes, garantindo a primeira vitória do Retrô na competição.

Créditos da foto principal: Rafael Vieira/ FPF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: