Santa Cruz no Campeonato Pernambucano: como joga taticamente o Caruaru City

Por: Ivan Mota

O primeiro passo coral. Na estreia temporada, o Santa Cruz encara o novato Caruaru City sob a missão de estrear com o pé direito no Campeonato Pernambucano Betsson 2022. Após o jogo contra o Afogados ter sido adiado por problemas estruturais do Arruda, os comandados de Leston Júnior entram em campo neste sábado (29) às 16h30, no estádio Antônio Inácio, pela segunda rodada.

Separamos tudo sobre o próximo adversário tricolor: principais posicionamentos táticos, estilo de jogo, números, e muito mais do Leopardo do Agreste.

O TIME

O treinador Thyago Marcolino deve manter a mesma escalação do empate fora de casa contra o Salgueiro, com exceção de um nome, já que o zagueiro Heverton Luís será poupado. Pedrão deve ser o substituto na manutenção do tradicional 4-2-3-1, com dois volantes e Candinho responsável pela armação das jogadas, além de também se aproximar bastante do trio composto por Grafite, Berg e Pedrinho Caruaru.

Escalação inicial do Leopardo deve ter apenas uma mudança após estreia (Feito no Tactical Pad)

COMO ATACA

Atual campeão da Série A-2 do Campeonato Pernambucano e jogando pela primeira vez na primeira divisão do estadual, o time caruaruense também foi dono do melhor ataque da segundona e começou com dois gols marcados na primeira rodada da atual temporada. Mantendo boa parte dos atletas de ataque no elenco, a equipe pode sair ao ataque no seu tradicional e inicial 4-2-3-1, com variações no posicionamento entre os jogadores.

Curtindo o conteúdo? Apoie o Pernambutático clicando aqui

Ataque do City no 4-2-3-1 com bastante movimentação (Imagem: PB Esportes)

Quando necessita do resultado, o time tenta realizar um jogo de imposição. Após sair em desvantagem na partida contra o Salgueiro, foi esse o estilo de jogo adotado e que acabou conseguindo a virada. A vitória, porém, acabou não acontecendo, mas o City demonstrou sua força ofensiva e deve procurar fazer o mesmo contra o Santa Cruz.

Pontas ou laterais podem dar amplitude para ajudar na criação (Imagem TV FPF)

COMO DEFENDE

Se o ataque segue sólido, a defesa pode ser considerada um ponto fraco do Leopardo. Na Série A-2, foi vazada sete vezes em 12 partidas, mas sofreu dois gols no confronto contra o Salgueiro. O que não falta é obediência tática, até mesmo por parte dos homens mais avançados. Praticamente todos ajudam na defesa, quando necessário, podendo se fechar num 5-4-1, com apoio dos pontas e até mesmo do centroavante na defesa.

Equipe do Agreste se fechando com uma linha de 5 (Imagem: TV FPF)

Um ponto que também deve ser destacado é a deficiência nas bolas áreas. O empate diante do Carcará deixou isso claro, pois os dois gols do adversário surgiram em cabeçadas. O primeiro após cruzamento oriundo de cobrança de falta, já o segundo foi marcado depois de um lateral longo alçado até a grande área; esse fator pode ser importante para o Santa no duelo.

Leopardo pode manter o 4-2-3-1 de base sem a bola (Imagem: PB Esportes)

PARA FICAR DE OLHO

Tiago Costa (LE) – Velho conhecido. O experiente lateral-esquerdo é um dos jogadores mais rodados da equipe. Além das passagens pelo Santa Cruz, o atleta de 34 anos também passou por Náutico, Ceará, Chapecoense e Retrô. Apesar da idade avançada, ainda pode ser uma peça importante nas fases ofensiva e defensiva.

Candinho (MEI) Polivalente. Também com bastante experiência, Candinho segue sendo destaque por onde passa, principalmente atuando pelo futebol pernambucano. Depois de boas temporadas por Retrô e Afogados, também foi muito importante na campanha do acesso do Leopardo, onde pode atuar como meia, ponta ou até centroavante, além de ser responsável pelas bolas paradas.

Grafite (PD) – Antigo algoz. Aos 27 anos, Grafite é outro com ampla rodagem no estado. Antes de chegar o Caruaru City, o ponta atuou ainda pelo Sete de Setembro, onde anotou um golaço contra o próprio Santa Cruz e auxiliou na vitória da equipe de Garanhuns em pleno Arruda. Jogando pelos dois lados, o atleta tem bom drible e passe, além de finalizar bem de curta distância; foi o autor do primeiro gol da equipe do Agreste contra o Salgueiro.

Créditos da foto principal: Ellen Galvão/Caruaru City

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: