Precisão cirúrgica: análise Vera Cruz 1 x 2 Náutico

Por: Felipe Holanda

Sem dar sopa para o azar. O Náutico foi cirúrgico ao vencer o Vera Cruz por 2 x 1 com time alternativo nesta quinta-feira (17), no Antônio Inácio, em Caruaru, encostando nos líderes do Campeonato Pernambucano Betsson 2022. Carpina e Júlio marcaram os gols alvirrubros, enquanto Jaílton descontou.

O interino Marcelo Rocha – Felipe Conceição ainda cumpria suspensão –, tentou dar ritmo a alguns jogadores. Casos do meia Eduardo Teixeira, que marcou no empate em 2 x 2 contra o Fortaleza, pelo Nordestão. No gol, Bruno assumiu provisoriamente a vaga de Lucas Perri, enquanto João Paulo e Thássio reapareceram na zaga e lateral direita, respectivamente.

Escalação inicial do Timbu contra o Galo (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

O Náutico quis tomar as rédeas do confronto logo nos primeiros minutos, mesmo jogando longe dos seus domínios e tendo Felipe Conceição nas arquibancadas. Em posse de bola, com Richard Franco atuando recuado, formava um 4-3-3, numa saída 4+3. Assim, conseguia empurrar o Vera Cruz ao campo de defesa.

Curtindo o conteúdo? Apoie o Pernambutático clicando aqui

O gol dos alvirrubros parecia questão de tempo. E foi. Juninho Carpina cobrou falta com muita maestria e marcou um golaço, abrindo o placar em Caruaru. Foi a quarta bola nas redes de Carpina na atual temporada do Campeonato Pernambucano, agora dividindo artilharia junto a Renato, do Retrô.

Construção alvirrubra no início (Imagem: SporTV/Premiere)

A segunda bola na rede quase veio na sequência. Após boa troca de passes, Pedro Vitor teve a chance de finalizar, mas não pegou bem na bola e errou o alvo. Antes, Carpina tentou até surpreender, tendo o mesmo destino. Já nas situações sem a bola, o Timbu tratou de jogar duro. Variava entre o 4-3-3 e o 4-1-4-1, bloqueando as poucas investidas do Galo das Tabocas.

Para a etapa final, Felipe Conceição – à distância – promoveu sua primeira mudança do jogo: colocou Júlio na vaga de Eduardo Teixeira. Não precisou de muito tempo para o próprio Júlio aproveitar a bola levantada na área por Robinho e estufar as redes do Vera mais uma vez, ampliando a vantagem do Timbu.

Timbu pressionando a posse do Galo (Imagem: SporTV/Premiere)

Pressão extra. Quando o roteiro parecia fácil, veio o gol do Galo das Tabocas. Jaílton cobrou pênalti sem muitas dificuldades após marcação polêmica da arbitragem e diminuiu. O zagueiro Carlão, voltando ao time, foi protagonista negativamente outra vez.

Agravando o quadro negativo, Júlio recebeu o cartão vermelho em confusão generalizada – Márcio também foi expulso pelo lado mandante. Agora com nove jogadores na linha, o time alvirrubro se fechou num 4-4-1 e, apesar dos pesares, segurou o resultado, voltando a vencer no Estadual. Méritos próprios.

Postura com um homem a menos (Imagem: SporTV/Premiere)

Créditos da foto principal: Tiago Caldas/CNC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: