Afrouxando a corda: análise Sete de Setembro 1 x 3 Vera Cruz

Por: Mateus Schuler

Tirando a pressão. No confronto dos desesperados, o Vera Cruz afrouxou a corda contra o quadrangular do rebaixamento e somou sua primeira vitória, diante do Sete de Setembro, por 3 x 1 no Lacerdão. Os gols do triunfo do Vera foram de Braga, duas vezes, e Jaílton; Anderson São João descontou em jogo pela quinta rodada do Campeonato Pernambucano Betsson 2022.

O Lobo-Guará entrou em campo no 4-2-3-1, tendo o goleiro Saulo de volta à titularidade, Léo Lima na lateral direita, Macedo adiantado à cabeça de área e novidades no trio ofensivo. Souza, Abuda e Ronda abriram espaço para as entradas do zagueiro Igor — acionado no seu setor —, Hamondine e Léo Lima, respectivamente. O Galo, por outro lado, teve Landoca na vaga de Jari, Lucas Matheus no lugar do suspenso Márcio e Anthony substituindo Índio, repetindo o 4-3-3 de praxe.

Times tiveram alterações nas últimas escalações (Feito no Tactical Pad)

Curtindo o conteúdo? Apoie o Pernambutático clicando aqui

COMO FOI

A partida começou bastante equilibrada, tendo o Sete de Setembro indo ao ataque inicialmente, mas a primeira chance foi do Vera Cruz. Após boa troca de passes, Jaílton serviu Matheus Rosas, que cruzou na área e Ayatou cortou pela linha de fundo quase marcando gol contra, assustando o próprio goleiro Saulo.

Se impondo no 4-3-3, como de praxe, o Galo do Maués passou a explorar os erros cometidos pelo Lobo-Guará e foi comendo pelas beiradas. Foi justo em uma jogada no lado do campo, inclusive, que o placar saiu do zero: trocando de posição, Vinícius Caveira recebeu aberto na direita e mandou na medida para Braga, que apareceu no meio da pequena área e tocou para dentro da meta.

Além dos laterais, meio-campistas ajudaram na criação do Vera (Imagem: TV FPF)

A vantagem deixou o Galo do Maués mais à vontade e não demorou muito a ser ampliada. Braga fez boa jogada individual em velocidade pela esquerda e Ayatou o derrubou na pequena área; na cobrança, Jaílton bateu seguro ao deslocar o camisa 1 setembrino e deu maior margem de segurança à equipe tricolor.

Formando duas linhas de 4, alternando frequentemente entre 4-4-2 — o mais comum — e 4-1-4-1, os alviverdes não conseguiram ser criativos ao atacar e os visitantes se mantiveram no setor ofensivo até o último instante. Foi dessa maneira que marcaram pela terceira vez, pois Sinho fez cruzamento preciso na pequena área, a marcação cochilou e Braga chegou para completar.

Garanhuenses não foram sólidos defensivamente (Imagem: TV FPF)

Para o segundo tempo, Téo, Horácio e Sil entraram nos lugares de Léo Matos, Tiago Garça e Léo Lima, respectivamente. As mudanças até deixaram o time setembrino mais tranquilo, chegando a balançar as redes, entretanto o lance foi impugnado por impedimento. Horácio deu lançamento em profundidade para Souza que, impedido, ganhou de Lucas Matheus, explorou saída errada de Ciriaco e tocou para o gol.

Renovando o fôlego do ataque, já pelo placar parcial favorável, o Vera Cruz teve duas novidades: Nego Biza e Edson substituíram Jaílton e Braga. Postado no 4-4-2 sem a bola, o Galo das Tabocas vinha se segurando bem na defesa e neutralizando as investidas dos garanhuenses, até Landoka derrubar Nego de Brejão na pequena área; Anderson São João fez cobrança de segurança no meio da barra e diminuiu, porém a reação parou aí e o placar não sofreu novas alterações.

Tricolores controlaram ritmo do duelo e somaram primeira vitória (Imagem: TV FPF)

Créditos da foto principal: Arthur Rodrigues/Vera Cruz FC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: