Voando alto: análise Retrô 3 x 0 Afogados

Por: Mateus Schuler

Segue o líder. Mantendo a boa fase no Campeonato Pernambucano Betsson 2022, o Retrô fez do Afogados sua mais nova vítima, em duelo disputado nesta quinta-feira (3), ao vencer por 3 x 0 pela sétima rodada na Arena de Pernambuco; gols da vitória retroense foram marcados por Renan Dutra, Radsley e Renato, agora artilheiro do Estadual.

Sem Pedro Costa e Giva, suspensos, e ainda com os desfalques de Erivélton e Kauê, que seguiram lesionados, a Fênix teve Gelson no meio e Erivélton Araújo no ataque do 4-3-3. Já a Coruja, por outro lado, não pôde ter a presença do lateral-esquerdo Mattheus, que cumpriu suspensão; Dacas foi acionado em seu lugar, sendo a única mudança no 4-2-3-1 iniciado contra o Náutico.

Times tiveram novidades entre os 11 iniciais da última partida (Feito no Tactical Pad)

Curtindo o conteúdo? Apoie o Pernambutático clicando aqui

COMO FOI

Conforme esperado, a partida começou tendo o Retrô no campo de ataque e o Afogados mais retraído na defesa. Mesmo intensa atacando, a Fênix teve a primeira boa chance por meio da bola parada: Charles bateu escanteio no meio da área e Gelson cabeceou sobre o gol. E foi assim, também, que abriu o placar: Gustavo Ermel cobrou o tiro esquinado e Renan Dutra subiu livre de marcação, tirando de Danilo.

Se impondo no 2-5-3 e fechando os espaços para as investidas da Coruja no 4-4-2, os azulinos até continuaram pressionando na tentativa de ampliar, no entanto não foram efetivos. Usando o contra-ataque como única alternativa, os sertanejos chegaram perto do empate: após a bola ficar viva na pequena área, Airton Júnior cruzou e Anderson Chaves cabeceou para defesa de Jean.

Retroenses foram intensos quando chegaram ao setor ofensivo (Imagem: TV FPF)

A última grande chance foi dos anfitriões, quando Renato saiu de frente para Danilo depois de tabelar com Breno, mas o chute saiu fraco e no goleiro. Para o segundo tempo, os dois técnicos promoveram mudanças, ambos no intuito de corrigir seus erros: Radsley e Felipe Alves entraram nos lugares de Breno e Elivélton Araújo pelos retroenses, já Wellington Nunes e Escavacini ganharam as vagas de Thauã e Willian Gaúcho, respectivamente, nos tricolores.

As substituições surtiram efeito, ainda que não fossem de imediato, no time de Camaragibe. Gustavo Ermel recebeu pela direita e cruzou rasteiro para a chegada de Radsley que, livre, aproveitou falha da marcação, para dominar e bater para o gol, mesmo chutando mascado. O descuido fez Sérgio China fazer outras duas alterações na Coruja: Állefe e Diogo foram acionados para as saídas de Lucas e Dacas.

Afogadenses buscaram defender com linha de 5 (Imagem: TV FPF)

De nada adiantou. Logo no primeiro minuto com as novidades, Felipe Alves foi lançado em profundidade por Potiguar, tirou bem a marcação da jogada e serviu Renato. Sem marcação, o — agora artilheiro — só teve o trabalho de tocar para o fundo do gol. A larga vantagem deu mais tranquilidade a Dico Wooley, que ainda acionou Guilherme e Jhonnatan por Mayk e Charles.

Sem criatividade, coube ao Tricolor do Pajeú fechar a casinha para impedir o placar de ser aumentado. Satisfeitos com o resultado, os retroenses tocaram a bola do meio em diante para fazer o relógio andar e tentar encontrar novos espaços, entretanto a partida terminou em 3 x 0, mantendo como estava até o apito final.

Azulinos se defenderam formando duas linhas de 4 (Imagem: TV FPF)

Créditos da foto principal: Joedson Moura/Retrô FC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: