Náutico na Copa do Nordeste: como joga taticamente o Sergipe

Por: Felipe Holanda

Rubro Veio. Náutico e Sergipe fazem duelo de alvirrubros em “cunho separatista” pela Copa do Nordeste: enquanto o Timbu tem oito pontos e mira voltar ao G-4, o Gipão, com apenas um, já está eliminado. Partida acontece neste domingo (6), Data Magna de Pernambuco, às 18h30, nos Aflitos, pela 7ª rodada do Nordestão.

Separamos tudo sobre o próximo adversário alvirrubro: principais posicionamentos táticos, estilo de jogo, números, informações exclusivas de um setorista, jogadores para ficar de olho, e muito mais do Diabo Rubro.

O TIME

Para o confronto com o Timba, a equipe tem um desfalque certo: o lateral-esquerdo Elivelton, expulso na derrota para o Botafogo-PB. Recém-chegado, Daniel Neri deve promover ainda mudanças na dupla da zaga e no meio: Lomar e Lazarini substituindo Silvio e Diego Augusto, além de Aragão e Doda substituírem Ageu e Fabiano. No comando de ataque, a novidade pode ser Paulinho Simionato, que teve nome divulgado no BID.

Provável formação inicial do Gipão (Feito no Tactical Pad)

COMO ATACA

Pouca intensidade. Marcando apenas dois gols na Copa do Nordeste até aqui, o Sergipe amarga o pior ataque de toda a competição. A principal alternativa com a bola é variar entre o 4-3-3 e o 4-2-3-1 para buscar espaços na marcação rival, construindo a maioria de suas jogadas por fora.

Curtindo o conteúdo? Apoie o Pernambutático clicando aqui

“O problema do Gipão é que não é um time com pontas habilidosos, então o ataque é muito estático, os jogadores não tem os movimentos coordenados de forma automatizada. O famoso “não sabem o que fazer com a bola”

Fabrício Santos, repórter da ITTV

Quando tenta organizar a transição de trás, o Diabo Rubro pode contar com a chegada do goleiro para explorar uma saída 3+1 ao lado da dupla de zaga e um dos volantes. Neste cenário, dá mais liberdade aos laterais para ganhar profundidade pelos lados, chegando até a linha de fundo se necessário.

Exemplo de saída sustentada (Imagem: Nordeste FC)

COMO DEFENDE

Se o ataque passa longe do ideal, o sistema defensivo também tem poucas virtudes. Ao todo, foram dez gols sofridos pelo Sergipe até aqui, números inferiores apenas aos de Globo (14) e Floresta (11). A tática mais utilizada quando ameaçado é se fechar com as tradicionais duas linhas de 4, geralmente no 4-4-2.

Compactação da equipe de Daniel Neri (Imagem: Nordeste FC)

“Com a chegada do Neri, eu tenho sentido o time um pouco mais exposto defensivamente. Criou-se uma lacuna entre meio e defesa, ele tenta marcar com linhas mais altas, mas como os jogadores ainda não estão habituados a essa pressão, deixam muitos espaços”

Fabrício Santos, repórter da ITTV

Outra possibilidade para o Gipão é explorar um 4-3-3 em fase defensiva, flertando com uma primeira linha de cinco. A situação dá mais segurança, principalmente pelos lados, enquanto os volantes e zagueiros preenchem melhor o meio.

Marcação em blocos baixos (Imagem: Nordeste FC)

PARA FICAR DE OLHO

Diego Aragão (VOL) – Peça fundamental. Diego Aragão é um dos mais acionados na transição ofensiva do Diabo Rubro, geralmente com passes precisos para progredir a posse sergipana e servir os companheiros. Além disso, pode ser perigoso em finalizações de média/longa distância, tendo a chegada ao ataque como um de seus pontos fortes.

Doda (MEIA) – Organização. Tendo qualidade com a bola nos pés e boa visão do jogo, Doda é o mais perigoso do Sergipe no terço final. Se movimenta bem para encontrar brechas na marcação rival, podendo “pisar” na área adversária com frequência para tentar o arremate. Merece uma atenção especial.

Créditos da foto principal: Antônio Soares/CSS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: