Morrendo abraçados: análise Vera Cruz 2 x 2 Sete de Setembro

Por: Ivan Mota

Fim da linha. Vera Cruz e Sete de Setembro empataram neste domingo (27) na Ilha do Retiro, por 2 x 2, em jogo válido pela última rodada do Quadrangular do Rebaixamento do Campeonato Pernambucano Betsson 2022. Edson marcou os dois do Vera, que entrou rebaixado, já Usina fez em favor do Lobo-Guará, caindo junto à Série A-2 de 2023.

Mudanças dos dois lados. Com a queda decretada, Doriva promoveu quatro substituições no time titular do Galo, tendo Sinho, Kleiton, Jaílton e Ruan entre os 11. Já os setembrinos, do técnico Roberto Neves, tiveram Luan e Léo Lima no ataque, já que os dois atletas entraram bem no decorrer da última rodada e ganharam a titularidade.

Equipes tiveram novidades nas escalações (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

Começo animado e equilibrado. As duas equipes conseguiram criar chances logo nos primeiros minutos e o Sete de Setembro, que precisava vencer de qualquer jeito para ter chances de permanência, quase abriu o placar com Nego de Brejão. Já o Vera Cruz, mesmo rebaixado, também queria a vitória e chegou perigosamente em jogadas de Matheus Rosas e Ruan.

Com o passar dos minutos, o time de Garanhuns mostrou ter mais qualidade ofensiva e passou a dominar, apesar de dar espaços para contra-ataques do Galo. Os mandantes se fecharam no 4-4-2 para tentar frear as ofensivas adversárias, tendo Jaílton e Índio como os homens mais avançados, porém também davam combate.

Galo se fechando no 4-4-2 defensivo (Imagem: TV FPF)

Quando conseguiu avançar em contra-ataques, o Vera Cruz obrigou o Sete a se postar no 4-4-2, com o quarteto mais ofensivo do time formado por Índio, Léo Lima, Nego de Brejão e Usina mais avançados por uma roubada de bola. O restante da equipe, no entanto, ficou em blocos mais baixos tendo o foco apenas na marcação.

Curtindo o conteúdo? Apoie o Pernambutático clicando aqui

Mesmo sem pressionar, os dois gols do Lobo-Guará aconteceram no final do primeiro tempo. Nego de Brejão foi derrubado dentro da pequena área após lançamento de Tiago e Usina bateu com segurança. E foi o próprio camisa 10 que ampliou o placar nos acréscimos. Ele recebeu de Nego de Brejão depois de tabela e chutou na saída do goleiro Ciriaco.

Lobo se defendeu postado num 4-4-2 (Imagem: TV FPF)

O drama seguiu na segunda etapa. Ciente da importância do saldo de gols para possível permanência, o alviverde foi para cima e fez muitas alterações no ataque. O que aconteceu, contudo, foi a reação do Vera Cruz; Edson, que entrou no decorrer da partida, diminuiu o placar aos 34 minutos após jogada de Braga. Buscando o gol, os setembrinos avançaram num 4-3-3, contudo a falta de pontaria não ajudou.

E nos minutos finais a estrela do substituto brilhou mais uma vez. O camisa 16 aproveitou mais um veloz contra golpe puxado por Braga. Ele abriu de lado e serviu Kleiton, que avançou pela esquerda e cruzou para Edson, que mandou de primeira, empatou o jogo e arrastou o Sete de Setembro, junto ao Vera, ao temido rebaixamento.

Alviverde tenta pressionar no 4-3-3 (Imagem: TV FPF)

Créditos da foto principal: Rafael Vieira/FPF-PE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: