Nem vermelho, nem azul: análise Náutico 1 x 1 CSA

Por: Felipe Holanda e Mateus Schuler

Saldo insuficiente. O Náutico ficou no prejuízo após empate com o CSA, perdendo chance de se distanciar da zona de rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. Victor Ferraz fez o gol alvirrubro no segundo tempo, enquanto Giva, ainda na primeira etapa, completou o 1 x 1 nesta quinta-feira (19), nos Aflitos, em duelo válido pela 8ª rodada.

Na prancheta tática, Roberto Fernandes utilizou a sétima escalação diferente em sete jogos à frente do Timbu na temporada. As mudanças em relação ao confronto contra o Cruzeiro foram duas: entradas do atacante Léo Passos na referência, assumindo posto de Amarildo, e do ponta direita Niltinho, que foi o substituto de Djavan; estratégia teve dois volantes ao invés de três.

Comandante alvirrubro ainda não conseguiu repetir time inicial (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

A partida começou bastante estudada, apesar do CSA mostrar mais ímpeto e surpreender o Náutico nos minutos iniciais. Tendo menos posse de bola, os alvirrubros viram o Azulão criar a primeira boa oportunidade num compasso lento, explorando o jogo meio fora de sintonia. Gabriel cobrou falta com força na entrada da área e Lucas Perri espalmou, evitando ainda o rebote.

Inicialmente, a estratégia Timbu foi se fechar no 4-2-3-1, flertando ao 4-2-4, ficando mais retraído em seu próprio campo, atraindo o adversário e ficando pressionado. Nas tentativas de atacar, formou uma saída em 4+2, cabendo à dupla de volantes sustentar ajudando a primeira linha. Ainda assim, tendo o 4-4-2 sem a bola, a defesa falhou depois de escanteio cobrado na pequena área; Wellington furou a finalização, mas Giva não falhou e completou para o gol.

Postura dos pernambucanos sem a bola (Imagem: SporTV/Premiere)

Indícios de reação. O Timba adiantou a marcação para o 4-3-3 e, por muito pouco, não chegou ao empate por mais de uma vez. Na primeira, Léo Passos desarmou no setor ofensivo e serviu Rhaldney na entrada da área, que bateu firme e Marcelo Carné fez a defesa. Depois, a zaga saiu jogando errado, Jean Carlos foi para cima, driblou o goleiro e só não marcou após desvio salvador do zagueiro Lucão.

Curtindo o conteúdo? Apoie o Pernambutático clicando aqui

A insistência ainda gerou um último lance na reta final do primeiro tempo com Bryan, que fez o lance individual pela direita. O lateral deixou a marcação alagoana para trás e chutou cruzado, parando também no arqueiro azulino. A insistência não foi suficiente para conseguir tirar a vantagem dos visitantes.

Donos da casa em transição ofensiva (Imagem: SporTV/Premiere)

Para o segundo tempo, Roberto Fernandes buscou corrigir os erros ofensivos e realizou duas alterações: Leandro Carvalho e Pedro Vitor foram acionados nos lugares de Luís Phelipe e Niltinho. O time voltou com gás renovado: Bryan avançou pela direita e cruzou na medida para Rhaldney, que cabeceou firme para Carné defender.

Mais animado, o Timba tentou se impor no campo de ataque, formando um 1-4 — por vezes — tendo apoio dos laterais para poder encurralar o Marujo. O roteiro, porém, seguiu o mesmo, e Lucas Perri precisou fazer nova boa defesa após finalização colocada de Rodrigo Rodrigues, afastando o perigo usando a ponta dos dedos.

Imposição no ataque durante etapa final (Imagem: SporTV/Premiere)

Se impondo cada vez mais, o Timba teve mais uma mudança em campo, no entanto forçada: Bryan saiu sentindo dores no joelho e Victor Ferraz entrou na lateral direita. Ainda assim, a alteração não surtiu efeito imediato, pois o CSA se fechou bem e não deu brechas para infiltrações dos pernambucanos, que buscaram o máximo de espaços.

Na reta final, a pressão persistiu, inclusive após Franco e Amarildo entrarem e substituírem Ralph e Léo Passos, respectivamente. E aí enfim a torcida foi ao delírio. Leandro Carvalho cobrou o escanteio na primeira trave e Victor Ferraz, como uma bala, se antecipou aos defensores adversários e testou no fundo do barbante.

Consistência na marcação foi fundamental para evitar derrota (Imagem: SporTV/Premiere)

Créditos da foto principal: Tiago Caldas/CNC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: