Hegemônicas: análise Sport 3 x 0 Náutico

Por: Mateus Schuler

Garras de Leoa. Dependendo apenas de si, o Sport fez o dever de casa e venceu o Náutico para avançar na Série A-3 do Brasileiro Feminino. Os gols rubro-negros no jogo de volta da primeira fase, realizado neste domingo (26) na Ilha do Retiro, foram marcados por Layza, duas vezes, e Íris, selando o triunfo por 3 x 0; Doce Mel-BA é o próximo adversário.

As equipes entraram em campo com novidades na escalação da partida de ida. As leoninas tiveram a experiente Bicê na zaga ao lado de Jana Micka e a entrada da artilheira Layza na vaga de Sara, formando um 4-2-3-1, enquanto as alvirrubras modificaram a dupla de zaga. Grazy, suspensa pela expulsão, saiu para a entrada de Alice, enquanto Milena deixou o time por Cabron, mas mantendo o 4-4-2.

Formações iniciais das arquirrivais no clássico (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

Tal como no primeiro encontro entre os rivais, o time mandante saiu à frente logo no começo. Após lançamento em profundidade de Débora BB, a defesa do Náutico afastou a bola em cima de Gessica e Layza mostrou faro de gol: a atacante pegou a sobra já ganhando da goleira Nanda na dividida e chutou ao fundo do barbante.

Impondo-se num 4-2-3-1, as Leoas aproveitaram o embalo da torcida e, em vantagem, passaram a pressionar ainda mais em busca do segundo gol, no entanto a trave virou um obstáculo. Pintinho mandou na entrada da área e a autora do único tento — até então — se desvencilhou bem da marcação, fez boa jogada individual e acertou a trave. Na sequência, os papéis inverteram e a camisa 7 parou na goleira alvirrubra, que confirmou a vitória ao intervalo.

Imposição rubro-negra colheu bons frutos (Imagem: Eleven Sports)

Para tentar corrigir os erros na etapa final, o técnico Edu Cabral promoveu as entradas de Bia Paixão e Gabi nas vagas de Giselly e Bibica, respectivamente. De início, pareceu que as mudanças surtiriam efeito, já que Popó levantou na medida para Mayara cabecear com precisão, mas Jana fez um milagre para impedir.

Curtindo o conteúdo. Apoie nosso projeto clicando aqui ou via pix. Chave: pernambutatico@gmail.com

Assim como fez durante o primeiro tempo, o Timbu tentou se fechar em duas linhas de 4 num 4-4-2, porém não obteve êxito. Após cobrança de escanteio na pequena área, a bola ficou viva e Layza pegou a sobra, acertando chute de rara felicidade, ampliando o placar. Valorizando a vantagem, Keila Felício colocou Negona e Íris nos lugares de Evinha e Gessica, apostando no erro da equipe visitante para sacramentar a vitória.

Timbu tentou segurar investidas leoninas com duas linhas de 4 (Imagem: Eleven Sports)

As substituições rubro-negras, por outro lado, deram resultado de imediato. Em lançamento de Amandinha ainda do círculo central, Íris foi mais veloz que a marcação, deixou Nanda para trás e só teve o trabalho de empurrar para o gol aberto, consolidando de vez a classificação à próxima fase. Depois, ainda chegaram perto do quarto quando Layza ganhou bola perdida e tocou para Pintinho, que dominou e acertou a trave.

Tentando sair ao setor ofensivo num 4-3-3, as alvirrubras não desistiram e se atiraram tentando marcar ao menos o de honra nos minutos finais, pois não foram criativas durante o duelo. Popó cobrou falta na pequena área e a zaga afastou, mas Gabi pegou sobra de primeira e obrigou a goleira Jana a fazer uma defesaça, que garantiu a vitória sem ter a meta vazada.

Timba ainda tentou buscar resultado, mas sem sucesso (Imagem: Eleven Sports)

Créditos da foto principal: Sandy James/Sport

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: