Náutico na Série B: como joga taticamente o Criciúma

Por: Felipe Holanda

A cinza e o carvão. Nas chamas do Z-4, o Náutico tem confronto diante do Criciúma precisando da vitória para esquentar luta pela permanência na Série B do Campeonato Brasileiro. Timbu faz a primeira de duas partidas seguidas em casa, marcada para esta quarta-feira (29) às 19h, nos Aflitos, pela 15ª rodada; adversário do próximo sábado (2) será o Novorizontino.

Separamos tudo sobre o próximo adversário alvirrubro: principais posicionamentos táticos, estilo de jogo, números, informações exclusivas de um setorista, jogadores para ficar de olho e muito mais do Tigre.

O TIME

Assim como no Timba, Cláudio Tencati tem problemas para definir a escalação do Tricolor. Ao todo, são pelo menos dois desfalques garantidos: o meia-atacante Marquinhos Gabriel, suspenso, e o atacante Rafael Bilú, lesionado. Por outro lado, o zagueiro Rayan volta de suspensão como opção na zaga, tendo ainda Hygor acionado no setor ofensivo.

Provável formação inicial do Carvoeiro (Feito no Tactical Pad)

COMO ATACA

Copo meio cheio, meio vazio. Fazendo 15 gols em 14 partidas pela Segundona, o sistema ofensivo do Criciúma vive altos e baixos. Trabalha bem a bola, mas apresenta pouca velocidade nas transições, geralmente formando um 4-2-3-1 que preza pela troca de passes no último terço para encontrar brechas nas defesas rivais.

Imposição catarinense no ataque (Imagem: Brasileirão Play)

“O Tigre tem duas potências nas laterais, com Claudinho muito bem ofensivamente, mas sempre cansando no segundo tempo, e Marcelo Hermes. Para mim, ele vem sendo o melhor jogador da equipe”

Mateus Mastella, repórter do Tabelando

Construindo boa parte de suas jogadas por fora, o Tigre tem a presença constante dos laterais no último terço, podendo formar um 4-3-3 na tentativa de encurralar o adversário. Neste cenário, os extremos caem por dentro, dialogando com o centroavante para penetrar na área ou ter boas chances de arremate.

Curtindo o conteúdo. Apoie nosso projeto clicando aqui ou via pix. Chave: pernambutatico@gmail.com

Modelo de jogo do adversário Timbu (Imagem: SporTV/Premiere)

COMO DEFENDE

O sistema defensivo do Tigre vai praticamente na mesma toada do ataque. Já sofreu 13 gols em 14 partidas, média de quase um por jogo, apresentando falhas nas transições quando pego no contra-ataque. Se quiser melhor compactação, Cláudio Tencati explora bem as duas linhas de 4, num 4-4-2 quadrado; meia se une ao centroavante nesta estratégia.

Proposta defensiva do Criciúma (Imagem: Brasileirão Play)

“A dupla de zaga do Criciúma, com Rodrigo e Kadu, encaixou de uma forma muito surpreendente, que parecem jogar há um bom tempo juntos. O entrosamento deles tem sido importante para o momento positivo do time”

Mateus Mastella, repórter do Tabelando

Mudando constantemente, o modelo de jogo em fase defensiva varia de acordo com o adversário. Se precisar esfriar o jogo e dar mais a bola, o Carvoeiro se fecha num 4-5-1, preenchendo ainda mais o meio para dificultar a troca de passes e ter chances de recuperar a posse em blocos baixos.

Outro exemplo de marcação carvoeira, tendo apenas o velho conhecido Caio Dantas isolado (Imagem: SporTV/Premiere)

PARA FICAR DE OLHO

Marcelo Hermes (LE) – Capitão e referência. O lateral-esquerdo chegou ao Tigre no começo da temporada após passagens por Grêmio, Cruzeiro e Benfica, rapidamente assumindo o posto de líder do elenco. Conhecido por sua força ofensiva, Marcelo Hermes já tem três gols na Série B e é o vice-artilheiro do Criciúma.

Rômulo (VOL) – Força física no meio. Rômulo é outra novidade dos catarinenses para 2022. Emprestado pelo Portimonense-POR, o volante de 26 anos é um dos pilares da equipe e, apesar da posição, também costuma chegar bem na frente, anotando um gol nas cinco partidas que disputou como titular.

Thiago Alagoano (PE) – Polivalente. O experiente atacante de 33 anos participou de todas as rodadas da Série B, começando como titular em oito oportunidades. Após iniciar atuando como centroavante, foi deslocado para a ponta-esquerda na sétima rodada, quando marcou seu único gol na competição e teve uma melhora de rendimento.

Créditos da foto principal: Celso da Luz/Criciúma E.C.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: