Náutico na Série B: como joga taticamente a Chapecoense

Por: Felipe Holanda

Para fazer o Caldeirão ferver outra vez. Em retrospecto negativo nos Aflitos, o Náutico recebe a Chapecoense em confronto direto na luta contra a zona de rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. Duelo acontece neste domingo (17) às 16h, no Recife, sendo válido pela 18ª rodada.

Separamos tudo sobre o próximo adversário alvirrubro: principais posicionamentos táticos, estilo de jogo, números, informações exclusivas de um setorista, jogadores para ficar de olho e muito mais do Verdão do Oeste.

O TIME

Estreante, Marcelo Cabo terá problemas para definir o time titular. Zagueiro Victor Ramos e atacante Luizinho estão suspensos, enquanto Marcelo Freitas fica fora por lesão. Para agravar o quadro, meia Tiago Real deixou Chapecó rumo ao futebol árabe, forçando Cabo utilizar alguns pratas da casa na lista de relacionados.

Provável formação inicial dos catarinenses (Feito no Tactical Pad)

COMO ATACA

Pouca produtividade. A Chapecoense marcou 15 gols na Segundona e é dona do quinto pior ataque da Segundona, à frente de Vila Nova, Guarani, CSA e Ponte Preta, todos com 11, além de Sport e Brusque, que fizeram 12 e 13, respectivamente. O principal modelo para surpreender as defesas rivais é explorar um 4-3-3 de peças espaçadas, buscando ter transições rápidas e apoio dos laterais.

Organização alviverde com participação dos laterais (Imagem: SporTV/Premiere)

Será a primeira partida sob o comando de Marcelo Cabo, algo que sinaliza a possibilidade de acontecer novidades na estratégia de atacar. Como visto nos tempos de Gilson Kleina, o Verdão do Oeste utiliza saída 4+2, deixando os volantes responsáveis pela construção ainda no meio-campo, enquanto os extremos tentam dar amplitude neste cenário.

Chape na transição ofensiva (Imagem: Brasileirão Play)

“É a estreia de Marcelo Cabo, que fez treinos setorizados durante a semana. Considerando as mudanças vistas, o time tem um meio-campo formado com um losango, buscando colocar um jogador de armação no setor, tendo ainda dois volantes de saída”

Rodrigo Goulart, repórter na Rádio Chapecó

COMO DEFENDE

Desalinhamento. Sofrendo 18 gols (mais de um por jogo), a Chapecoense tem a quarta defesa mais vazada da Série B, geralmente deixando espaços. Quando ameaçada, costuma montar suas linhas no 4-4-2 clássico, algo que deve permanecer com a chegada de Cabo ao Verdão, mas precisa de vários ajustes.

Linhas defensivas dos catarinenses (Imagem: SporTV/Premiere)

“O goleiro Vágner é bastante contestado, mesmo sem ter culpa nos gols sofridos. O time apresenta muitas falhas na compactação, dando muita liberdade aos adversários de finalizarem de curta e média distância com frequência”

Rodrigo Goulart, repórter na Rádio Chapecó

Em outros cenários, os catarinenses podem manter duas linhas de 4, porém no 4-1-4-1, tendo somente um cabeça de área e homem de referência. Neste cenário, o centroavante fica isolado para poder marcar a saída adversária, estratégia que pode facilitar a construção alvirrubra, com mais liberdade na segunda linha.

Marcação em blocos baixos (Imagem: Brasileirão Play)

PARA FICAR DE OLHO

Léo (ZAG) – Experiência comprovada. Zagueiro alviverde é um dos alicerces defensivos e será o mais acionado na ausência de Victor Ramos, ja que é o vice-líder do time em bolas afastadas, com 3,9 por partida na Segundona. Léo também chega bem ao ataque, principalmente em bolas levantadas na área.

Matheus Bianqui (VOL/MEIA) – Referência de movimentação, é o atleta mais decisivo do Verdão do Oeste nesta Série B, com quatro participações diretas. Organiza bem as ações pelo meio e, se mal marcado, pode tentar chutes de média ou longa distância, tendo assinalado quatro gols na competição até o momento.

Chrystian (MEIA/ATA) – Exemplo de disposição. Jovem meia desponta como um dos destaques da Chape, mesmo com a má campanha. É a válvula de escape pelo lado direito e costuma dar muita profundidade no último terço, marcando um gol e contribuindo junto a seus companheiros de equipe por dar uma assistência.

Créditos da foto principal: Reprodução/ChapeTV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: