Carroça de duquesa: análise Sport 2 x 2 VF4-PB

Por: Mateus Schuler

Dois pra lá, dois pra cá. Em ritmo de festa, o Sport ficou no empate por 2 x 2 frente ao VF4-PB e assegurou o acesso na Série A-3 do Brasileirão Feminino. Neste sábado (23), na Ilha do Retiro, Layza e Ísis marcaram pelas Leoas, já Josy e Lu Meireles fizeram a favor das paraibanas no jogo de volta das quartas de final.

Sem novidades. Em relação à equipe que foi a campo na ida, onde venceu por 2 x 0, a treinadora Regiane Santos optou pela manutenção da escalação leonina: a goleira Jana, seguindo de fora, viu novamente a presença de Gabi entre as titulares, além da repetição das demais peças no 4-2-3-1 frente às alvinegras.

Pernambucanas tiveram repetição das 11 iniciais (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

O início foi marcado por muito equilíbrio, mas com o Sport mostrando maior vontade para atacar, apesar da boa vantagem conquistada na ida. Assim, conseguiu levar perigo primeiro em duas jogadas da lateral-direita Evinha; na primeira, Pintinho dominou, avançou e bateu perigosamente. Em seguida, Ísis foi quem recebeu e finalizou para defesa da goleira adversária.

Seguindo intensas no ataque e tendo um 4-3-3 em fase ofensiva, as Leoas não aproveitaram as chances que tiveram. Dessa maneira, o castigo quase veio: após saída errada, Lu Meireles recebeu na entrada da área e soltou o pé dando um grande susto. Depois, não teve jeito: Josy recebeu passe profundo, driblou Gabi e tocou para o gol.

A desvantagem levantou a torcida presente e fez as jogadoras esboçarem a reação quase que imediatamente. Layza foi servida por Pintinho na entrada da área e chutou colocado; bola ainda tocou no pé da trave e entrou. Pouco depois, após Débora BB pressionar e desarmar no último terço, Ísis dominou e acertou o ângulo para virar o placar.

Intensidade das pernambucanas durante a fase ofensiva (Imagem: Eleven Sports)

Para o segundo tempo, as equipes voltaram sem mudanças, entretanto com a mesma vontade apresentada durante a etapa inicial. Foi assim que o time paraibano conseguiu chegar ao empate logo no início: após Josy tentar dar uma bicicleta, a bola sobrou para a artilheira Lu Mreieles, que completou na saída da goleira leonina.

Curtindo o conteúdo? Apoie nosso projeto clicando aqui ou via pix. Chave: pernambutatico@gmail.com

Buscando renovar o fôlego do ataque, a treinadora Regiane Santos colocou Pereirinha e Vanessinha nas vagas de Pintinho e Ísis, mantendo a estrutura tática. O jogo passou a ficar mais truncado, pois as visitantes tentaram ir ao setor ofensivo a todo custo, enquanto as pernambucanas controlaram bem as investidas

Performando um 4-4-2 ao se fechar, as rubro-negras seguraram o ímpeto das alvinegras em blocos médio/altos, tendo duas linhas nas proximidades do círculo central. Com o controle da partida, a comandante promoveu as entradas também de Géssica, Layza e Débora BB, sacando Gabi Borges, Íris e Amanda Leite, fazendo o resultado não sofrer mais alterações.

Marcação adiantada segurou tentativas do VF4 (Imagem: Eleven Sports)

Créditos da foto principal: Sandy James/Sport

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: