No limite: análise Guarani 1 x 0 Náutico

Por: Gabryele Martins

Recursos limitados. Pouco criativo, o Náutico conheceu mais uma derrota na Série B do Campeonato Brasileiro e vê a saída da zona de rebaixamento cada vez mais longe. Neste sábado (13) no Brinco de Ouro, em Campinas, o Timbu voltou a jogar mal e foi derrotado pelo Guarani por 1 x 0 pela 24ª rodada; gol marcado por Jenison.

Surpreendente. A escalação inicial dos alvirrubros teve novidade surpresa entre os 11, já que Jean Carlos voltou de suspensão automática como opção no banco de reservas. Sem a presença de Pedro Vitor, suspenso, Elano optou pela entrada de Thomaz, mantendo as demais peças da vitória sobre o CRB no 3-5-2.

Timba teve manutenção dos três zagueiros contra o Bugre (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

Sofrendo pressão. A partida começou no Brinco de Ouro com um Náutico ineficiente em criar jogadas e tendo dificuldades para segurar as investidas do Guarani. Sem a bola, o alvirrubro se postou em um 5-3-2, tendo Thomaz e Kieza adiantados para situações de contra-ataque, variando ainda ao 5-4-1 conforme a movimentação.

Quando teve a posse, o Timbu alternou entre 3-4-3 e 3-5-2, povoando o meio-campo para facilitar o toque de bola diante da marcação alviverde. Sem conseguir armar jogadas com a bola no chão, os recifenses investiram na bola parada tentando levar perigo à meta adversária, mas no chute de longe só deu o Bugre, que obrigou Lucas Perri a fazer algumas defesas difíceis.

Linha de 5 formada em fase defensiva (Imagem: SporTV/Premiere)

Na segunda metade do primeiro tempo, o time pernambucano cresceu na partida e começou a criar mais, porém não o suficiente para abrir o placar. Thomaz não cumpriu com a expectativa de substituir Jean Carlos, a peça mais ofensiva do elenco, deixando a equipe pouco criativa.

Curtindo o conteúdo? Apoie nosso projeto clicando aqui ou via pix. Chave: pernambutatico@gmail.com

Apesar da melhora evidente do Timba, que conseguiu achar equilíbrio diante do adversário, o primeiro tempo terminou sem alterações no placar. O 0 x 0 parcial foi até vantajoso, mesmo Franco acertando o travessão em cabeceio após escanteio cobrado por Souza.

Timbu distribuído durante a transição ofensiva (Imagem: SporTV/Premiere)

No intervalo, Elano sacou Thomaz e Franco, o que fez seus comandados reagirem, tendo Mateus Cocão e Geuvânio em campo. O reinício no jogo se deu com o Náutico levando perigo à meta adversária, contudo a criatividade não foi bem aproveitada. Quem mostrou efetividade foram os donos da casa, que abriram o placar. Após cruzamento de Jamerson, Jenison matou no peito e meteu para dentro do gol.

Depois da desvantagem, o Náutico apostou numa saída 3+2 na intenção de superar a marcação alviverde. Aos 12 minutos, as três substituições restantes foram feitas, com as entradas de Júnior Tavares, Jonathas Jesus e Victor Ferraz nos lugares de João Lucas, Kieza e Wellington, respectivamente. As mexidas fizeram Jobson passar a jogar recuado como terceiro zagueiro em alguns momentos e Victor Ferraz ficou encarregado da transição.

Saída de bola dos pernambucanos durante etapa final (Imagem: SporTV/Premiere)

As alterações precipitadas de Elano, somadas à escalação frágil, não renderam os resultados esperados. O que se viu no segundo tempo foi um time defensivamente fraco, refém do adversário e ofensivamente desorganizado. Durante a segunda etapa, o Guarani esteve sempre mais perto de ampliar o placar do que o alvirrubro de empatar a partida.

Drama até o fim. Geuvânio sentiu a coxa, entretanto não pôde ser substituído. Com isso, o Timba jogou parte da segunda etapa praticamente inferior numericamente, porém os últimos minutos foram cheios de tensão pelas tentativas desesperadas de uma contenção de danos. Aos 50 minutos, no lance derradeiro, o time inteiro estava na área adversária procurando a chance de empatar, enquanto brilhou a estrela de Kozlinski que fez sequencia de defesas excepcionais, uma delas num chute de Lucas Perri, e garantiu o 1×0 para os paulistas.

Alvirrubros subiram linhas de marcação para recuperar posse (Imagem: SporTV/Premiere)

Créditos da foto principal: Thomaz Marostegan/Guarani FC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: