Roupa nova: análise Grêmio 3 x 0 Sport

Por: Mateus Schuler

Um sonho a mais não faz mal. De novo uniforme, o Sport perdeu chance de seguir colado no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Em jogo nesta terça-feira (20) na Arena, abrindo a 31ª rodada, o Leão foi vencido por 3 x 0 para o Grêmio; gols marcados por Biel, Lucas Leiva e Bitello.

Nenhuma surpresa. Embalado pela vitória sobre o Bahia e sem desfalques, o técnico Claudinei Oliveira optou por manter quem já vinha atuando, mas fez apenas uma mudança. Recuperado de lesão e acionado na última rodada, o zagueiro e capitão voltou à titularidade na vaga de Fábio Alemão, enquanto o lateral-direito Ewerthon e o atacante Kayke foram vetados, repetindo assim o 4-4-2.

Escalação da equipe leonina frente aos gaúchos (Feito no Tactical Pad)

COMO FOI

O caráter decisivo fez o confronto começar bastante movimentado dos dois lados, mas com leve vantagem para o Grêmio, que apostou na força da sua torcida. Inicialmente, até que este fator fez a diferença, pois o Sport teve uma postura mais reativa, buscando usar o contra-ataque como arma ofensiva; o objetivo não obteve êxito.

Formando um 4-4-2 variado ao 4-1-3-2 quando não teve a bola, o Leão viu o Imortal chegar primeiro com perigo. Bitello pegou sobra da entrada da área e chutou de primeira na direção do gol; bola bateu em Thyere e Saulo, mas o zagueiro afastou em cima da linha e impediu a abertura do placar em favor dos gremistas.

Compactação defensiva dos pernambucanos (Imagem: Premiere)

Como não mostraram efetividade ao contra-atacar, os rubro-negros foram atrás de uma alternativa para conseguir levar algum perigo em direção ao gol gremista. Apostando no jogo apoiado, trocou passes na transição, o que fez a equipe ser facilmente anulada na criação, já que não teve criatividade com a posse.

Curtindo o conteúdo? Apoie nosso projeto clicando aqui ou via pix. Chave: pernambutatico@gmail.com

As raras tentativas dos leoninos de povoarem o campo ofensivo foram num 4-1-3-2, que buscou ter os meio-campistas aproximados dos atacantes, no entanto com pouco apoio pelos lados. Nem assim, porém, foi perigoso e não finalizou na barra tricolor; a única tentativa veio em chute de fora da área de Giovanni, que subiu demais.

Dupla ofensiva teve apoio dos meio-campistas (Imagem: Premiere)

Na volta do intervalo, Claudinei Oliveira optou pela manutenção dos titulares e não realizou nenhuma substituição, que manteve a proposta para a etapa final. A baixa produtividade no ataque teve castigo logo de imediato. Depois de troca de passes intensa, Biel recebeu de Diego Souza e finalizou no fundo do gol.

Buscando recuperar maior presença no setor ofensivo e ficar mais agudo, os rubro-negros tiveram as saídas de Sander e Giovanni, entrando Labandeira e Wanderson. Sem sucesso. No minuto seguinte, em falta cobrada na pequena área, a defesa do Sport não afastou, Lucas Leiva dominou e, de imediato, deu um forte chute.

Erros pontuais na primeira linha geraram resultado negativo (Imagem: Premiere)

Se o sistema defensivo estava falho na marcação, uma baixa deixou dúvidas para o restante da partida. Thyere, apresentando cansaço, foi sacado para o companheiro de posição Fábio Alemão, mas sem mexer na estrutura tática. O time, que vinha se fechando num 4-5-1 de blocos médio/altos, assustou na bola parada: Juba bateu falta lateral direto para o gol e Brenno afastou com um soco.

Do meio para o fim, a produção ofensiva voltou a cair, fazendo os mandantes se fazerem mais presentes do meio em diante. Em maior volume, o Imortal foi letal e sacramentou a vitória, neutralizando o 4-2-3-1 leonino: Rodrigo cruzou na pequena área, Guilherme encostou e Bitello chegou completando. Thiago Lopes e Denner ainda ganharam espaços de Vagner Love e Ronaldo, contudo nada mudou até o apito final.

Tentativa de imposição dos pernambucanos com apoio dos laterais (Imagem: Premiere)

Créditos da foto principal: Rafael Bandeira/SCR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: